A BYD, empresa especializada em mobilidade sustentável, teria o interesse em participar do projeto que prevê a ligação entre os terminais de embarque do Aeroporto de Guarulhos e a estação ferroviária da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

A informação foi publicada na Colunal Painel S.A do jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, a empresa chinesa é uma possível compradora da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. A companhia está na fase final de elaboração de sua proposta para encaminhar à concessionaria responsável pelo Aeroporto na próxima segunda-feira, dia 23 de dezembro.

Proposta de modelo de transporte

A proposta da BYD de acordo com o jornal é de que seja um trem movido a bateria. Elas ficariam no teto da composição e a recarga aconteceria a cada parada nas estações.

Obras em atraso

As obras desta ligação deveriam ter começado em setembro deste ano, portanto, estão atrasadas.

Inicialmente falou-se em em usar a ligação por meio do People Mover, um sistema sobre trilhos de baixa capacidade que ligaria a estação da CPTM aos terminais de embarque em até seis minutos.

A expectativa é de que até o início de 2020 as propostas sejam analisadas pela concessionária e enfim apresentadas ao Governo Federal, para que as próximas etapas sejam definidas para implantação do projeto.

Cenário atual

Atualmente, quem utiliza a Linha 13-Jade da CPTM para chegar ao Aeroporto, precisa pegar um ônibus gratuito circular que da acesso aos três terminais de embarque. Este cenário irrita os passageiros, já que os trens não chegam de fato aos terminais.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.