Os trens da frota F, que estão parados desde 2017, após serem retirados de circulação para serem modernizados, finalmente estão próximos e voltar à operação comercial.

As composições foram fabricadas entre os anos de 2001 e 2002, os TUEs produzidos pela Alstom, modelo Metrópolis A48, e denominados como frota F, foram adquiridos para circular na recém inaugurada Linha 5-Lilás, no trecho Capão Redondo – Largo Treze, quando abriu suas portas em 2002. A frota é composta por oito trens que até março de 2017 prestaram serviços na linha 5.

Frota F no pátio de Guido Caloi (Foto: Rede Noticiando)

Pelo menos dois trens já estariam aptos para voltar a circulação, e servir de reserva para a concessionária ViaMobilidade, responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás.

Um vídeo que infelizmente foi apagado do Youtube, mostrava dois trens da frota F em testes, na estação Eucaliptos. As composições envolvidas no teste foram a 505 e a 508.

Os trens já estão pintados com a estampa da concessionária, possuem o novo sistema de controle implantado e, segundo informações obtidas pelo Rede Noticiando, realizam diversos testes durante algumas madrugadas.

Concessionária trabalha com 26 trens atualmente

A ViaMobilidade trabalha atualmente com 26 trens da frota P. Os trens foram fabricados pela CAF e entregues a partir de 2013. Além de modernos, eles possuem passagem livre entre os carros.

No horário de pico, a concessionária trabalha com 24 trens em operação e 2 na reserva, para que em caso de falhas ou outras situações, tenham algo trem disponível para inserir no chamado carrosel.

O baixo número de trens disponíveis para a operação tem refletido no número de passageiros transportados pela ViaMobilidade.

Aumento na demanda de passageiros

Em um ano, o movimento de passageiros dobrou e saltou de 320 mil passageiros por dia útil para 550 mil pessoas por dia útil.

A demanda ainda está abaixo do esperado, onde inicialmente, o governo do Estado previa algo entorno de 800 mil passageiros por dia transportados.

Com apenas 24 trens disponíveis para a operação nos horários de maior movimento o resultado não poderia ser outro: Trens lotados!

Com a entrada em serviço da frota F, esse cenário poderia minimizar.

Atrasos na modernização da frota F

No mês passado , o Rede Noticiando publicou uma matéria mostrando que a Bombardier, responsável por modernizar os oito trens, foi multada pelo atraso.

Frota F
Foto: reprodução Redes Sociais

O Metrô de São Paulo na ocasião informou que estava multando a empresa em R$ 50 milhões.

A esperança é que neste mês de setembro, dos oito trens, dois entrem em operação, para alívio dos passageiros e também da operadora do ramal.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Eduardo Paulino

Sou formado em administração de empresas. Sou o criador do Mobilidade Sampa e da Mapa da Web e co-fundador do Rede Noticiando. Prestativo, sereno e divertido. Marketing digital, recursos humanos, tecnologia e empreendedorismo estão entre os meus temas favoritos.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.