Os trens da frota F seguem sem prazo para retornar a operação comercial da Linha 5-Lilás.

As composições foram fabricadas entre os anos de 2001 e 2002, os TUEs produzidos pela Alstom, modelo Metrópolis A48, e denominados como frota F, foram adquiridos para circular na recém inaugurada Linha 5-Lilás, no trecho Capão Redondo – Largo Treze, quando abriu suas portas em 2002. A frota é composta por oito trens que até março de 2017 prestaram serviços na linha 5.

Depois de serem retirados de circulação com a entrada de 26 trens da frota P e um novo sistema de sinalização implantado na linha lilás, as composições foram enviados para um processo de modernização que ficou sob a responsabilidade da Bombardier.

A Bombardier além de modernizar os oito trens, ficou responsável pelos testes nas composições.

Trens da frota F
Trens da frota F estacionados no pátio de Capão Redondo (Foto: Redes Sociais)

Promessas

A primeira promessa foi dada pelo Metrô quando informaram que os oito trens já estariam a disposição da concessionária para operação assim que as obras de expansão da linha 5 até Chácara Klabin fossem concluídas. Algo que não ocorreu.

Após isso, o Metrô voltou a dar outro prazo e informou que até o mês de março deste ano, os trens já estariam à disposição da ViaMobilidade, pelo menos como frota reserva, e mais uma vez, isso não ocorreu.

No final do mês de março de 2019 o Rede Noticiando procurou o Metrô de São Paulo para saber o andamento da modernização da frota F, os testes e prazo para conclusão. Na época o Metrô de São Paulo nos deu a seguinte declaração:

”Das oito composições da Frota F que vêm passando por revitalização, quatro já estão com o sistema CBTC implantado, processo de comissionamento concluído e aptos à operação da ViaMobilidade. Nas demais, a implantação do CBTC está em andamento e com previsão de conclusão neste semestre. A partir da entrega, cabe à concessionária determinar a estratégia de utilização dos trens na operação da Linha 5-Lilás”.

Sabendo que dos oito trens, quatro já estão ”aptos a operação da ViaMobilidade”, o Rede Noticiando procurou a concessionária para obter informações sobre quais testes ainda estão sendo realizados por parte dela e se já tinham um prazo para que os trens passem a operar comercialmente. Em nota a concessionária deu à seguinte declaração na época:

”A chamada frota F é formada por oito trens (fabricação Alstom/CAF/Adtranz/Siemens) e a frota P possui 26 trens fabricados pela CAF.

Por enquanto, os 26 trens da Frota P estão circulando na linha 5- Lilás. Esse número de composições atende à demanda atual da linha. Os trens, que possuem capacidade para 1.500 passageiros, são modernos e os carros são equipados com ar-condicionado, espaço para cadeirantes e pessoas com deficiência (PCD), circuito interno de câmeras e painéis de LED.

Os trens da Frota F ainda não foram totalmente entregues pelo Governo do Estado de São Paulo para a ViaMobilidade”.

Frota F no pátio de Guido Caloi (Foto: Rede Noticiando)

Prazo ultrapassado

O primeiro semestre passou, e até hoje nenhum trem da frota F entrou em operação.

A concessionária ViaMobilidade falou sobre os oito trens em uma resposta dada a uma reportagem do Anda SP sobre o intervalo entre os trens na linha 5-Lilás, que pode ser reduzido quando as composições estiverem à disposição. Confira a resposta dada a TV.

” Já a Via Mobilidade, concessionária que opera a linha 5-Lilás, explicou que o intervalo é calculado de acordo com a demanda e que o tempo pode diminuir quando a concessionária receber outros 8 trens que deve receber do Metrô”.

Lendo essa resposta, o Rede Noticiando foi procurar mais uma vez a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) para saber o andamento do processo de modernização dessa frota, já que agora, ao que tudo indica, são necessários para a operação da Linha 5.

Em nota ao nosso site o Metrô de São Paulo deu à seguinte declaração:

”O Metrô está cobrando da Bombardier a conclusão da implantação do sistema CBTC nos trens da Frota F que atende a Linha 5-Lilás. Por atrasos como esse e também na implantação do sistema CBTC das vias e na instalação das portas de plataforma da Linha 5, o Metrô multou a empresa em R$ 50 milhões”.

O site também procurou a concessionária ViaMobilidade que nos enviou à seguinte nota:

A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô de São Paulo, informa que transporta atualmente uma média de 550 mil pessoas por dia útil. Importante esclarecer que o intervalo entre trens é estabelecido de acordo com o número de passageiros transportados por cada linha e conforme o estudo de fluxo de cada hora/pico. 

A concessionária possui uma frota de 26 trens (Frota P – fabricação de 2015) e, conforme previsão técnica de diretrizes de carregamento prevista no Contrato de Concessão, 24 deles operam diariamente nos horários de pico e dois ficam em rodízio de manutenção. Conforme a demanda, o intervalo entre trens no pico da manhã é de 184 segundos e no pico da tarde, 192 segundos.

A oferta de trens poderá ser ampliada após o recebimento de mais 8 composições (Frota F – fabricação de 2001), que ainda estão em fase de testes de implantação do sistema CBTC nos trens por parte do Metrô”.

Bombardier

Além de ser responsável pela modernização da frota F, a Bombardier também cuida dos trabalhos de implantação do sistema CBTC nas vias e das portas de plataforma da Linha 5.

O Metrô multou a empresa em R$ 50 milhões.

O Rede Noticiando procurou a Bombardier para que a empresa prestasse esclarecimentos mas até o fechamento desta matéria não houve retorno.

Enquanto isso, os trens da frota F seguem sem prazo para que voltem as atividades e ajude a diminuir o intervalo entre os trens e aumentar a oferta de lugares na Linha 5-Lilás.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Mini bibliotecária (Tributo, Semi-deusa, selecionada). Fotógrafa aspirante e amante de astronomia.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.