A cidade Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo, poderá contar com um sistema de Bilhete Único nos próximos meses.

A câmara de vereadores está discutindo a adoção do meio de pagamento no sistema de ônibus do município, por meio de um projeto de lei.

Caso a Projeto de Lei seja aprovado, existe uma expectativa para que ele passe a funcionar a partir de 1° de dezembro.

Desta forma, os passageiros terão até duas integrações diárias durante a semana pagando apenas uma tarifa. Porém, há um limite de até uma hora de diferença entre o primeiro e o segundo embarque.

Já aos finais de semana, o tempo de integração será de até duas horas.

Lado ruim

Apesar da iniciativa, não há previsão de que o vale-transporte seja incluso na modalidade de pagamento.

Outro ponto é que, também não há previsão de integração com o sistema sobre trilhos. O município é atendido por duas linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) sendo elas a 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi-Amador Bueno) e 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú).

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou profissional e estudante de enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.