Um pai reencontrou sua filha perdida em um trem 20 depois do ocorrido. A criança que na época tinha apenas 4 anos, desapareceu em um trem da Europa Oriental em 1999, enquanto seu pai dormia.

Ela viajava de trem com o pai de Minsk para Asipovichy, ambas cidades na Bielorrússia, antiga república soviética. De alguma maneira a menina foi parar em Ryazan, na Rússia, três semanas depois. A cidade fica a mais de 900 km de onde Yulia havia saído.

Os pais procuraram a menina com ajuda das autoridades, mas não conseguiram nenhuma pista. Quando chegou em Ryazan, Yulia foi colocada para adoção e foi criada por uma família russa.

Agora, passados 20 anos, o atual namorado de Yulia, de 24 anos, conseguiu finalmente resolver a questão e encontrar sua família através de uma pesquisa na internet.

Foram feitos testes de DNA para confirmar o parentesco de Yulia e Viktor e Lyudmila Moiseenko, ambos de 50 anos.

O casal afirma que procurou a filha por todos esses anos e percorreu inúmeras linhas ferroviárias procurando e perguntando por Yulia. Ela, por sua vez, conta que a única coisa que se lembra é de ter viajado com um casal até a Rússia.

O reencontro de Yulia com os pais biológicos aconteceu em uma delegacia em Maryina Horka, na região central da Bielorrúsia e foi retratado nas redes sociais. Hoje, ela tem uma filha chamada Kristina.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou profissional e estudante de enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.