O embólio envolvendo a futura linha 6-Laranja de metrô pode finalmente ter um “final feliz”. O futuro ramal pode ter um novo dono, e trata-se da empresa chinesa CR20, que faz parte do grupo CRRC (China Railway Construction Corporation). Ao que tudo indica, o grupo chinês teria feito uma proposta para assumir a concessão no lugar da Move São Paulo, que reúne as construtoras Odebrecht, Galvão Queiróz e UTC, além de um fundo de investimentos.

A informação citada acima foi dada pelo jornal O Estado de São Paulo neste sábado, 19 de outubro, que teve acesso à uma fonte próxima às negociações. De acordo com a publicação, a Move São Paulo teria aceitado a proposta dos chineses, mas com algumas condições não reveladas.

Uma reunião realizada nesta semana entre a Move São Paulo, a CR20 e o governo do Estado, que teria inclusive contado com a presença do governador João Doria e do secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, teria definido os detalhes a acertado o cronograma para que o contrato de venda seja assinado antes do dia 11 de novembro, data em que passará a vigorar a caducidade, ou melhor dizendo, a rescisão do contrato por abandono do projeto pela concessionária.

Os próximos passos é acertar os aspectos pendentes e produzir um controto que possa ser analisado tanto pelo governo do estado e outros órgaões de controle, como a Procuradoria Geral do Estado e o Conselho gestor de Parcerias Público-Privadas.

Lembrando que, no entanto, tal ação não impede que o governo prorrogue novamente a efetivação da caducidade, como fez anteriormente.

Linha 6-Laranja

A Linha 6-Laranja de metrô é prevista para ligar a Vila Brasilândia, na zona noroeste, a São Joaquim, na região central da cidade de São Paulo.

As obras estavam sendo tocadas pelo consórcio Move São Paulo, formado pelas empresas Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC, mas por problemas financeiros e de imagem, por causa do envolvimento das construtoras nos crimes investigados pela Operação Lava Jato em 2016, as obras acabaram sendo paralisadas.

A expectativa é que a situação da linha 6-Laranja seja definida ainda este ano. A gestão Doria espera ainda, retomar as obras em 2020.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.