setembro 28, 2020

A Secretaria de Estado de Transportes afirmou que, até o próximo domingo, 24 de novembro, 17 dos 40 trens retirados de circulação pela SuperVia retornarão à frota operacional. Segundo o órgão, os trens estão passando por processo de manutenção de suas caixas de tração e estarão novamente disponíveis para o transporte de passageiros.

No último dia 18, por recomendação do Consórcio CRRC, responsável pela fabricação das composições, a SuperVia retirou de circulação 40 trens, em decorrência de problemas nas caixas de tração produzidas pela empresa alemã Voith.

A SuperVia tem, ao todo, 201 trens. Por causa da retirada das 40 composições, a concessionária opera em esquema especial desde segundo. Esse esquema inclui aumento de intervalos e trens menores em alguns ramais.

Ainda segundo a Secretaria de Transportes, mais seis composições estarão retornando à frota entre os dias 24 e 30, totalizando 23 trens. Os 40 trens, após passarem por revisões, deverão estar em plena operação até 17 de janeiro de 2020.

O cronograma de normalização do tráfego ferroviário foi acertado em reunião que ocorreu na última terça-feira, dia 19, com representantes do Consórcio CRRC, da Central Logística, da SuperVia e da Agetransp.

Os trens retirados de circulação ainda se encontram em período de garantia. A Setrans determinou ao grupo chinês CRRC que, após os reparos emergenciais, seja feita a substituição das caixas de engrenagem de todos os 70 trens adquiridos na licitação de 2011.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.