Uma importante ligação entre a Brasilândia e São Joaquim finalmente está prestes de sair do papel e dar prosseguimentos as obras de construção. Estamos falando da Linha 6-Laranja de metrô.

Na semana passada o secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, informou que o grupo espanhol Acciona, apresentou a documentação estabelecendo acordo para comprar a concessão da Parceria Público-Privada (PPP) da Linha 6.

Segundo Baldy, a documentação foi apresentada na sexta-feira, dia 8 de novembro. O Estado por sua vez, publicou um decreto na edição de 9 de novembro do Diário Oficial ampliando novamente o prazo para vigorar a caducidade do contrato de concessão com o Consórcio Move São Paulo. O novo prazo estabelecido é de 90 dias.

O novo prazo será utilizado pelo governo de São Paulo para analisar os aspectos legais desta compra e após confirmação, divulgar detalhes sobre prazos para retomada dos trabalhos e conclusão das obras.

A Linha 6-Laranja vai contarcom 15 de extensão e promete ligar a Vila Brasilândia até a estação São Joaquim. A pasta espera que após a retomada das obras, o ramal poderá ser entregue em 4 anos, porém, durante uma visita a um canteiro, Baldy voltou atrás e disse que somente após análise dos documentos, que será anunciado prazos para conclusão e entrega.

Caso seja confirmado, a Acciona além de construir a Linha 6-Laranja de metrô, também será responsável por sua operação. Esta é a primeira linha de metrô 100% PPP, onde a empresa privada vai construir e operar em São Paulo.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.