Os usuários detentores de cartões do Bilhete Único emitidos antes de 2014 com créditos excedentes a R$ 43 do tipo Comum, têm até o dia 30 de setembro para utilizá-lo. A medida tem o objetivo de combater fraudes na utilização do Bilhete Único.

Após esse período haverá bloqueio dos créditos do tipo Comum caso o valor seja superior a R$ 43 nessa carteira. Para reavê-los será preciso se cadastrar no site e, após conclusão e aprovação da foto, retirar o novo cartão personalizado em um dos terminais de ônibus municipais. Em 72 horas, o munícipe poderá fazer a restauração dos créditos remanescentes. Caso não entregue o cartão antigo, será cobrada uma taxa de R$ 30,10, equivalente a sete tarifas.

Vale ressaltar que não haverá bloqueio do cartão, mas dos créditos do tipo comum. Por exemplo, caso o munícipe tenha crédito Comum excedente a R$ 43 e Vale-Transporte no mesmo cartão, poderá continuar utilizando os créditos de Vale-Transporte normalmente.

Em maio, a Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT) prorrogou o prazo para uso dos créditos do tipo Comum por mais quatro meses para beneficiar os passageiros que possuíam saldo excedente e não conseguiriam utilizá-los até 1º de junho.

Quem precisa trocar o Bilhete Único?

Somente quem possui no mesmo cartão as seguintes situações:

  • utiliza somente crédito Comum;
  • não tem créditos vale-transporte;
  • o cartão foi emitido antes de 2014 ou é anônimo; e
  • não utilizará o excedente de crédito comum acima de R$ 43 até 30/09/2019.

O passageiro pode consultar a situação do seu Bilhete Único através deste link, antes de se dirigir a um Posto de Atendimento.

SPTrans

Para ficar por dentro das últimas notícias da SPTrans como alterações de linhas de ônibus, entre outras notícias, clique aqui.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou profissional e estudante de enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Anônimo says:

    É roubo o tempo todo. Na verdade os bandidos são essas corjas, que em época de eleição veem lamber nossa bunda pra ganhar nosso voto, depois quem se fera é o povo iludido. Vergonha do ser humano.

  2. Que absurdo!! Como assim se apropriar do valor? Com a desculpa de cobrar taxa de 30 reais? O cartão não foi perdido, vcs é que deveriam repor o novo.

  3. Anônimo says:

    Que absurdo!! Como assim se apropriar do valor? Com a desculpa de cobrar taxa de 30 reais? O cartão não foi perdido, vcs é que deveriam repor o novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.