A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) começou a separar e remover os trens que colidiram na noite da última terça-feira, 29 de janeiro, na estação Jardim Planalto da Linha 15-Prata de monotrilho.

A operação começou na noite desta quinta-feira, dia 31 de janeiro, e um guindante precisou ser usado para separar os trens. Com isso, a Avenida Sapopemba ficou com um trecho bloqueado na altura do número 9.920.

Após os trens serem separados, era possível ver o tamanho do estrago provocado pela batida em cada uma das composições. Existe a possibilidade de que outros trens reboquem as composições que bateram.

Em nota ao Rede Noticiando, o Metrô informou o seguinte:

”A operação para a remoção dos trens da Linha 15-Prata que colidiram na última terça-feira (29) na estação Jardim Planalto já foi iniciada. Em uma das atividades realizadas na madrugada de hoje foi utilizado um guindaste para içar e afastar um trem do outro. Com isso, técnicos do Metrô puderam inspecionar as condições dos equipamentos dos trens e da via.

As principais atividades para retirada dos trens serão realizadas nas madrugadas, com apoio da CET para interdição de trecho da pista sentido bairro da Avenida Sapopemba para dar segurança a motoristas e pedestres que passam pelo local.

A previsão é de que até domingo os trens sejam removidos para o Pátio Oratório. Apesar disso, a operação comercial permanece acontecendo normalmente todos os dias, das 4h40 até meia-noite”.

Leia também

– Aprenda como consultar online o status do seu Bilhete Único no site da SPTrans

– Para combater fraudes, Prefeitura de SP impõe limite de recarga em Bilhetes Únicos antigos

– Metroviários de São Paulo podem entrar em greve no próximo dia 5 de fevereiro

– Pedro Moro e Alexandre Baldy comentam sobre investimentos na CPTM

Funcionários da TransUnião paralisam atividades na Zona Leste de São Paulo

PRECISANDO FAZER A RECARGA DO SEU BILHETE ÚNICO?

banner recarga pay bilhete único

Você está precisando fazer a recarga do seu Bilhete Único? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu bilhete, escolha o tipo de recarga que deseja fazer (comum, diário ou mensal) e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu bilhete de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo do Bilhete Único, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.