setembro 25, 2020

A Prefeitura de São Paulo planeja instalar um sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) ou um corredor de ônibus do tipo Bus Rapid Transit (BRT) no centro da capital, segundo uma reportagem do jornal O Estado de São Paulo.

O projeto é ligado a ideia da prefeitura que pretende criar corredores verdes em 113 quilômetros. A expectativa é que ao menos um projeto-piloto seja implantado no Brás ou na Santa Ifigênia, ainda na gestão do prefeito Bruno Covas.

Com esse projeto, será possível a recuperação de dois marcos do período industrial: A garagem de bondes da Light e a centenária fábrica Orion, ambas localizadas no Brás.

A ideia é interligar vias arborizadas com praças e parques de distritos como Sé, República, Brás e no Bom Retiro. O custo estimado é de R$ 72 milhões, incluindo alargamento de calçadas, rebaixamento de guias e sinalização, informou a prefeitura.

A proposta integra o Projeto de Intervenção Urbana (PIU) Setor Central. O texto está em fase de audiência e consultas públicas e, na versão final, será enviado como projeto de lei para a Câmara Municipal, em março.

A previsão é de 48 meses para a elaboração do projeto executivo e entrega das obras, ou seja, parte da execução deve ficar para a próxima gestão.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Carlos A. says:

    VLT no centro é mais que necessario para diminuir a poluição nessa região. Com a implantação do VLT será possivel retirar os degradantes terminais Bandeira e pq Dom Pedro recuperando e revitalizando esses locais. Já os BRTs sao uma engabelação. São os velhos, poluentes e barulhentos onibus com sigla em inglês para conferir alguma sofisticação. Mas perdem pros VLTs em qualquer comparação que se faça ganhando apenas no quesito custo de implantação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.