A CPTM recebeu autorização de licença ambiental junto à Secretaria do Verde e Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo do pedido de licenciamento ambiental municipal para as obras da futura estação João Dias.

O pedido havia sido feito há alguns meses e a autorização foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 24 de outubro.

A estação João Dias será construída pela iniciativa privada, e o prazo de execução das obras é de 37 meses após o seu início.

A TG São Paulo Empreendimentos Imobiliários S.A. – Tegra, antiga Brookfield, manifestou o interesse em doar à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) os direitos sobre a propriedade de parte de um empreendimento imobiliário localizado na Rua Doutor Rubens Gomes Bruno, n° 691, na esquina com a Avenida das Nações Unidas.

A nova parada vai ficar localizada entre as estações Santo Amaro e Granja Julieta e deve receber em média 10,7 mil passageiros por dia. O investimento previsto no empreendimento é de R$ 60 milhões.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.