A Prefeitura de São Paulo decidiu, nesta segunda-feira, 11 de novembro, revogar a portaria que permitia a aplicação da bandeira 3 nos táxis da cidade. Segundo o texto inicial, a cobrança opcional poderia ser feita somente por taxistas que pegassem passageiros em bolsões específicos na saída de grandes eventos e cadastrados no Departamento de Transportes Públicos (DTP).

A decisão que determina a revogação foi publicada nesta terça-feira, dia 12, no Diário Oficial da Cidade.

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) decidiu revogar a portaria depois da repercussão negativa entre os taxistas, mesmo que a administração municipal tenha alegado ter debatido o tema com a categoria.

Bandeira 3

A Prefeitura de São Paulo chegou a publicar no Diário Oficial da Cidade, na quarta-feira, dia 6, que a cobrança da bandeira 3 só poderia ser ativada em viagens iniciadas na saída de grandes eventos como shows, eventos esportivos, congressos e feiras. Esses eventos teriam que ser cadastrados previamente no Departamento de Transportes Públicos (DTP).

Se a bandeira 3 continuasse vigorando, o taxista teria que, obrigatoriamente, avisar o passageiro sobre a cobrança antes que a viagem fosse iniciada. O acréscimo das bandeiras 2 e 3 seriam opcionais dos taxistas.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.