setembro 25, 2020

O Metrô de São Paulo está adotando o trabalho em Home Office de forma permanente. A medida será oferecida aos funcionários que executam atividades possíveis de serem realizados fora do ambiente da empresa. Em um primeiro momento se espera a adesão de 600 funcionários, permitindo redução do custeio de mais de R$ 9 milhões ao ano.

Esse projeto também vai permitir a redução de despesas e colaborar com a mobilidade urbana, diminuindo os deslocamentos diários de centenas de pessoas, além de atender pedido de colaboradores que já demonstraram interesse em exercer suas atividades através do trabalho remoto.

Nesta primeira etapa serão contempladas as áreas de Recursos Humanos, Comunicação, Contabilidade, Planejamento, Jurídico, Infraestrutura e Contratos. “A crise sanitária e econômica provocada pela Pandemia nos fez repensar a real necessidade dos prédios destinados ao trabalho dos colaboradores da Companhia. A produtividade e interesse demonstrados pelos empregados nesse período de quarentena nos permitiu repensar o atual conceito de escritório, trazendo mais flexibilidade à empresa e ao empregado”, afirma Silvani Pereira, Presidente do Metrô.

A readequação vai permitir a desocupação de 13 mil m² de áreas, divididos em três prédios. Dois desses imóveis são locados e serão devolvidos, enquanto um próprio na Rua Augusta será vendido. Essas medidas vão desonerar o custeio de despesas com locação, taxas condominiais e insumos (água, luz), além de manutenção e zeladoria (limpeza, segurança).

Apenas um edifício na região central de São Paulo, será mantido e remodelado. Ele passará a ter espaços adequados à realidade atual das grandes e modernas empresas, com ilhas de trabalho rotativas para atividades presenciais e salas de reuniões.

A nova forma de trabalho será viável devido à adoção de ferramentas tecnológicas que já estavam em processo de implantação. Os funcionários conseguem acessar à distância a rede da Companhia e têm à disposição pacote de softwares em dispositivos móveis, além de grande espaço para armazenamento em nuvem e programa de videoconferência que agiliza e realização de reuniões virtuais e, consequentemente, a tomada de decisão, extremante importante em um momento de crise.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.