O sistema metroviário de São Paulo pode ganhar dois novos ramais até 2028. Trata-se das linhas 20-Rosa e 22-Bordô.

Segundo um relatório de investimentos da Secretaria dos Transportes Metropolitanos cujo o Rede Noticiando teve acesso, os dois ramais previstos podem ser construídos através de uma concessão patrocinada.

Linha 20-Rosa

Prevista para atender os bairros da Lapa até Moema. O Metrô estima que a Linha 20-Rosa tenha 11,8 km de extensão, 15 estações e 15 trens.

O ramal será concedido de forma patrocinada e a empresa ou consórcio vencedor irá implantar, operar e ser responsável pela manutenção da linha.

O projeto prevê integrações com as linhas 2-Verde, 4-Amarela, 5-Lilás, 19-Celeste e 22-Bordô do Metrô e com as linhas 7-Rubi e 8-Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) em uma nova estação na Lapa.

A demanda estimada para a Linha 20-Rosa é de 560 mil passageiros por dia e o investimento será de R$ 10,1 bi.

Linha 22-Bordô

No caso da Linha 20-Bordô, este ramal é previsto para atender a Granja Viana até a Rebouças. O Metrô projeta que o ramal tenha 16,1 km de extensão, 13 estações e 25 trens.

O ramal será concedido de forma patrocinada e a empresa ou consórcio vencedor irá implantar, operar e ser responsável pela manutenção da linha.

O projeto prevê integrações com as linhas 4-Amarela e 20-Rosa do Metrô e com a Linha 9-Esmeralda da CPTM.

A demanda estimada para a Linha 20-Bordô é de 447,7 mil pessoas por dia e o investimento será de R$ 13,7 bi.

Estudos para a implantação

Em ambos os casos ainda será necessário a relização de estudos para os projetos. O relatório informa que já no ano de 2020, o Governo do Estado poderá realocar recursos para as análises na Linha 20-Rosa. Já na Linha 22-Bordô, a previsão é que os estudos sejam contratados em 2021.

A apresentação trata os dois ramais como PPPs a médio prazo.

Curiosidade

A estação Rebouças será localizada no encontro entre as avenidas Rebouças e Brigadeiro Faria Lima, onde as linhas 20-Rosa e 22-Bordô poderão realizar integração.

Para que isso se torne realidade, o passageiro terá que ter muita paciência, pois como falamos no início da matéria, o documento prevê que ambos os ramais sejam abertos ao público somente em 2028.

Leia também:

Em relação ao Relatório de Investimentos da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) cujo o Rede Noticiando teve acesso. Nós já falamos de outros temas. Te convido a ler abaixo:

Secretaria nega existência de apresentação

Segundo informações do “Diário do Transporte“, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos diz que não reconhece o relatório, e que ainda não definiu as prioridades dos investimentos.

“A Secretaria de Transportes Metropolitanos desconhece o relatório divulgado sobre investimentos da pasta. Projetos e obras da Secretaria estão em fase de reconhecimento pela nova gestão para a definição de prioridades.”.

O documento, no entanto, circulou entre funcionários ligados a pasta.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Mini bibliotecária (Tributo, Semi-deusa, selecionada). Fotógrafa aspirante e amante de astronomia.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.