junho 29, 2022

Antes de mais nada, vale lembrar que a indústria do esporte teve que se reformular com a pandemia do (Covid-19). Desde medidas sanitárias ao adiamento de grandes eventos esportivos, toda a cadeia se submeteu às exigências que buscavam o controle da doença. Em 2022, com novas tecnologias, surgem novas tendências para alavancar o nicho desportivo. 

Veja também:

5 tendências tecnológicas para a indústria do esporte  

Após o período de recessão na prática esportiva, o mercado quer recuperar a baixa. Neste sentido, recorre a tecnologia para buscar novas soluções de capitalização. Dentre as principais, podemos citar a Inteligência Artificial, o serviço de Streaming, os Influenciadores, os jogos digitais e o surgimento de novos postos de trabalho.

Além das tendências citadas, o ramo das apostas também cresceu em razão das novas tecnologias. Hoje, você pode apostar em qualquer esporte sem sair de casa. O maior exemplo é o site Bet20, um dos mais conhecidos no mundo. 

Ainda assim, as soluções de capitalização que a tecnologia oferece prometem melhorar a indústria do esporte. Num passado próximo, os apaixonados por futebol questionavam a existência do VAR, o árbitro assistente de vídeo. Hoje, já é cogitado uma partida com juízes mecânicos controlados por Inteligência Artificial. 

1. IA ou Inteligência Artificial: 

Parece tema de ficção científica, mas não é. Hoje, a Inteligência Artificial (IA) já faz parte da nossa rotina. Um exemplo são os algoritmos das redes sociais, que entregam o conteúdo com base no comportamento do usuário.

Mas a IA não é exclusiva das redes sociais. Ela pode ser aplicada a qualquer indústria, em especial a do esporte. Apesar das opiniões divergentes sobre o tema, há benefícios incontestáveis. 

Os algoritmos podem ser programados em sensores, câmeras, dispositivos de processamento de linguagem natural, dentre outros. Eles podem melhorar o rendimento dos atletas, aprimorar a saúde e ainda aumentar a interação com o espectador. Como se não bastasse, é uma ótima ferramenta para a análise de dados. 

Hoje, os grandes times recorrem à IA para escolher os atletas mais promissores. Tendo em vista a incrível capacidade de analisar dados, os algoritmos são capazes de selecionar os esportistas com melhor aproveitamento estatístico. É uma tecnologia moldando a indústria do esporte. 

Por fim, a IA pode aprimorar a experiência do espectador, deixando ela ainda mais interativa. Enfim, os algoritmos vão transformar o esporte em 2022. As equipes que aderirem à tecnologia vão disputar os primeiros lugares do pódio. 

2. Serviços de streaming

Aliás, você sabe onde os algoritmos são usados? Nos serviços de streaming. Os “programas recomendados” são resultados dos cálculos realizados pela IA. 

Sendo assim, os serviços de streaming estão transformando a indústria do esporte. Agora, o monopólio da transmissão dos grandes esportes se mostra cada vez mais frágil. Há estimativas que o nicho crescerá 75% nos próximos cinco anos. 

É incrível, não acha? A cada ano que passa, o modelo de “TV Fechada”, com o plano de assinatura, vem perdendo seu público para os serviços de streaming. Como motivo, as redes sociais entregam mais oportunidades de interação com o usuário do que a tradicional televisão. 

Nesse sentido, um dos principais responsáveis pela transformação do mercado foi a mudança de comportamento da Geração Z. Nascidos entre 1995 e 2010, eles estão ganhando força no jogo econômico e vem optando por novas formas de consumo de material esportivo. Como resposta, o jornalismo esportivo vem acompanhando a tendência. 

Sendo assim, os serviços de streaming são uma das cinco tendências tecnológicas para a indústria do esporte em 2022. E, aproveitando a busca por interação, há uma propensão ao crescimento de um novo tipo de engajamento. Definitivamente, o Marketing de Influenciadores está em alta. 

3. Marketing de Influenciadores

Tendo em vista as tendências tecnológicas que podem impulsionar a indústria do esporte a capitalizar mais em 2022, o Marketing de Influenciadores é a bola da vez. As empresas perceberam a visibilidade dos esportistas nas redes sociais e aproveitaram o jogo de influência. Muitos atletas se transformaram nos porta-vozes de grandes marcas. 

Quer um exemplo? O perfil pessoal com o maior número de seguidores é o do jogador de futebol Cristiano Ronaldo, que tem mais de 417 milhões de followers. Aproveitando o engajamento da celebridade, as marcas podem divulgar seus produtos  de uma forma mais natural. 

Um outro ponto que impulsiona o Marketing de Influenciadores é a capacidade de interação com o público. Afinal, qual é o fã que não gostaria de trocar mensagens com seu ídolo? Ou que não se empolgaria ao ver a rotina dele na palma da mão?

Portanto, o Marketing de Influenciadores é uma das tendências tecnológicas para a indústria do esporte em 2022. É uma ótima fonte de capitalização que, até poucas décadas, era restrita aos grandes jogadores, como Pelé, Armin Hary ou Jack Brabham. 

Ademais, a ideia de novas formas interativas ganha força em outros nichos. Um deles é o do E-sports. É uma tendência tecnológica que se destaca no ano de 2022. 

4. E-Sports

Em meio à pandemia do Covid-19, um nicho que cresceu muito foi o do E-Sports. Foi um dos poucos, se não o único, no ramo esportivo que prosperou financeiramente nos anos de 2019 até 2021. Mesmo com a diminuição das restrições sanitárias, os jogos online tendem a crescer cada vez mais. 

Como exemplo da expansão da interação entre jogos offline e online, podemos citar o caso Fortnite e Manchester City. O time inglês resolveu montar uma equipe de jogadores profissionais na plataforma de Battle Royale. Ademais, uma skin da equipe está disponível no referido jogo. 

Segundo o Portal de notícias do Campeonato Maranhense, o Manchester City deu um grande passo para interligar os grandes clubes com o E-sports. A tendência é que mais times investem na interação entre o online e offline. Mais uma vez, a tecnologia apresenta novas formas de capitalização na indústria do esporte. 

Além disso, em 2022 acontecerão Os Jogos Asiáticos de E-sports. Será a segunda edição do evento e conta com jogadores de todo o mundo. O país sede é a China, é uma ótima oportunidade de expansão desta tendência. 

Considerando a alta do E-sports, podemos concluir que todas as tendências convergem num ponto em comum: a expansão do mercado de trabalho e novas oportunidades de emprego. Sim, a tecnologia poderá criar novas chances na indústria do esporte. 

5. Um novo mercado de trabalho: 

De antemão, os anos de 2019, 2020 e 2021 foram difíceis para o mercado de trabalho na indústria do esporte. Apesar das inovações prometidas em 2022, muitas pessoas deixaram de trabalhar por conta das restrições sanitárias. Com as mudanças, surgiram novas necessidades e novos postos de trabalho.

No entanto, é importante destacar que alguns postos podem ser substituídos no futuro. O baseball, por exemplo, já usa inteligência artificial para narrar os jogos com mais empolgação. Outro ponto é que o papel dos árbitros em partidas de futebol também está ameaçado pelos algoritmos. 

Mas, ainda que alguns postos de trabalho estejam ameaçados, há oportunidades que ainda são desconhecidas. Com a influência da tecnologia, os avanços dos recursos e as novas ferramentas disponíveis, é necessário investir na capacitação. 

Para tal, as empresas esportivas estão investindo na reestruturação para aproveitar o ritmo acelerado da mudança. Capacitar os trabalhadores para usar as novas ferramentas é fundamental. Além de readequar aqueles que perderam suas funções. 

Afinal, toda mudança produtiva depende de capacitação. O surgimento de um novo mercado de trabalho é uma das tendências para a indústria do esporte em 2022, graças às inovações tecnológicas. 

Considerações finais! 

Pois bem, o futuro chegou atropelando, forçando a mudança. O Esporte está sendo transformado pela Tecnologia. Nos próximos anos vamos conhecer regras e modalidades que ainda não foram imaginadas. 

As empresas esportivas que buscam o topo devem observar as novas opções que a tecnologia oferece. Recapitulando, a Inteligência Artificial, os serviços de Streaming, o Marketing de Influenciadores, os E-sports e o surgimento de novos postos de trabalho são as 5 principais tendências tecnológicas de 2022 para a indústria desportiva. 

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Wagner Santos

Apaixonado por tecnologia, marketing digital e SEO com 31 anos e 8 de atuação nessas áreas, sou criador da Revista de Marketing e vários outros projetos online. Sempre buscando aprender o que a de melhor e mais atualizado sobre esses assuntos para trazer as melhores respostas para dúvidas nesse meio.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.