junho 4, 2020

Um técnico de manutenção da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) morreu na madrugada desta quinta-feira, 2 de janeiro, após ser atingido por descarga elétrica.

Robson Eduardo Gomes trabalhava em área de manutenção perto da Estação Júlio Prestes. Ele foi levado à Santa Casa de Misericórdia, onde morreu.

A CPTM lamentou a morte e disse que está dando assistência à família e fazendo ampla investigação para apurar o acidente de trabalho.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo emitiu a seguinte nota em seu site sobre o caso:

“Na madrugada de quinta-feira (2/1), em São Paulo, mais um trabalhador da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) foi vítima fatal em acidente no ambiente de trabalho.

Robson Eduardo Gomes (30), técnico de Manutenção de Subestações, sofreu forte descarga elétrica ao tocar na maçaneta da porta de uma sala, local em que havia infiltração, e acabou falecendo.

Um acidente que ainda precisa ser averiguado, mas que demonstra o descaso com a segurança dos funcionários. Não é de hoje que trabalhadores morrem em acidentes de trabalho.

Manifestamos nossa solidariedade aos familiares e amigos de Robson. Esperamos apuração para que outros acidentes deste tipo não ocorram. O desmonte e precarização das empresas públicas facilita esse tipo de tragédia.”

O caso é investigado pelo Distrito Policial de Santa Cecília.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.