julho 5, 2020

A BYD, gigante do setor de mobilidade elétrica, teria o interesse em assumir as obras de construção do sistema do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) de Cuiabá. Tal interesse foi revelado por uma reportagem da “A Gazeta” do qual cita que o Ministério do Desenvolvimento Regional teria sido procurado pelo grupo asiático.

A reportagem informa ainda que o governo federal estaria articulando uma Parceria Público-Privada (PPP) ou uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), para a conclusão dos trabalhos.

Avaliação sobre situação do VLT foi prorrogada

A Secretaria de Mobilidade e Serviços Urbanos (Semob) por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, prorrogou para março de 2020 uma avaliação sobre a situação do VLT em Cuiabá.

O governador Mauro Mendes, avalia a viabilidade de trocar os modais de transporte, sendo que a opção preferida dele é um corredor de ônibus do tipo Bus Rapid Transit (BRT).

O desejo do governador “esbarra” em um mal tempo com a Caixa Econômica Federal, já que foi feito um empréstimo para a construção do VLT, que inclusive já possuí diversos trens entregues em um pátio.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.