outubro 30, 2020

O presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Pedro Moro, recebeu nesta terça-feira, 30 de julho, o Rede Noticiando e outros portais especializados em mobilidade urbana para um bate-papo sobre a empresa.

Vários assuntos foram abordados durante o encontro e, o presidente revelou que neste semestre a empresa irá lançar uma licitação para a compra de 34 novos trens zero quilômetro.

Segundo Pedro Moro, a Linha 10-Turquesa que opera entre as estações do Brás e Rio Grande da Serra será uma das contempladas.

“A gente deve lançar um edital para a compra de 34 trens nesse ano. Neste semestre a gente deve colocar isso na rua. Inclui a linha 10. Boa parte desses trens é para atender a linha 10”, afirmou Moro.

A Linha 10 recebeu recentemente uma renovação de sua frota, com a chegada de 12 trens da série 7000, realocados da Linha 9-Esmeralda, que possuem cerca de dez anos de uso. A frota veio para substituir os trens espanhóis da série 2100, fabricados a partir de 1974.

Algumas unidades da série 2100 virou reserva técnica, e são vistos ainda em operação, mas não com tanta frequência.

O presidente Moro falou um pouco sobre a compra dos 34 novos trens e também sobre melhorias das vias e da rede de energia que irão criar condições para mais composições entrarem e circulação.

“Você tem a licitação, média de 18 meses para fabricar o primeiro trem, mais testes, as entregas. Quase três anos e meio, quatro ano entre iniciar o processo e receber o último trem. É um processo longo, trem não é tão simples de fabricar. Quando esse processo finalizar, já vamos ter uma série de melhorias na via, na CPTM, que vão necessitar de trens extras para a operação”, explicou Moro.

Leia também:

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Espero que estes administradores já tenham aprendido a especificar a largura correta das carruagens destes 34 novos trens entre 3,05 e 3,15m sem que seja necessário usar estribo nas portas, e acabar com aquela velha desculpa que o vão entre a plataforma e os trens era pelo fato de se trafegar trens cargueiros, pois as antigas composições da Budd em aço inox que fizeram o trajeto entre Francisco Morato até Paranapiacaba não as possuem, sendo que na época a quantidade do trafego cargueiro era muito maior, e ainda existem algumas composições destas para comprovar esta fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.