setembro 26, 2020

A greve dos ônibus que estava marcada para acontecer nesta quarta-feira, 31 de julho, foi cancelada em São Paulo.

Nesta terça-feira, 30 de julho, a gestão de Bruno Covas recuou da decisão que foi publicado em ofício do qual permitia que a partir do dia 2 de setembro, os novos ônibus do tipo padron e convencionais fossem inseridos no subsistema estrutural (linhas que passam pela região central) sem o posto de cobrador.

O secretário de Mobilidade e Transportes, Edson Caram, assinou nesta terça-feira, 30, o documento que suspendia o certame.

documento
Foto: Reprodução – Redes Sociais

A secretaria emitiu a seguinte nota sobre a decisão de hoje, confira abaixo:

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes informa que, após se reunir com representantes da SPTrans e do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviário Urbano de São Paulo, decidiu suspender a implantação de veículos sem o posto de cobrador nos novos ônibus na cidade de São Paulo. O assunto será debatido pela comissão criada para desenvolver um projeto de requalificação dos cobradores de ônibus.

O grupo é composto por representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), São Paulo Transporte S.A. (SPTrans), Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotoristas) e Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SPUrbanuss).

Sindicato não fará paralisações

A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira, 30, em plenária do Sindmotoristas, sindicato que representa os motoristas e cobradores de ônibus.

O presidente em exercício do Sindmotoristas, sindicato que representa os trabalhadores, Valmir Santana da Paz, o Sorriso, realizou a votação.

“Temos a ombridade de colocar em votação. Nós suspendemos o movimento de amanhã porque o secretário de Transportes assinou o ofício dando a garantia de emprego a todos os cobradores da cidade de São Paulo”, disse Sorriso.

As paralisações tinham sido decididas em assembleia nesta segunda-feira, 29, mas depois de uma reunião com a secretaria municipal de Mobilidade e Transportes, a entidade sindical entendeu ser melhor manter as negociações.

Portanto, nesta quarta-feira, 30 de julho de 2019, todas as linhas e terminais de ônibus na capital paulista irão operar normalmente.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.