Neste final de semana, circulou nas redes sociais a imagem de um comunicado que supostamente seria da São Paulo Transportes (SPTrans) às empresas do sistema de transporte coletivo sobre ônibus da cidade de São Paulo que sugere a adoção de novos veículos sem cobradores.

De acordo com o comunicado, a gerenciadora do transporte sobre ônibus da capital estaria sugerindo que as empresas adquiram os veículos do tipo padron e básico com layout interno sem o posto de cobrador.

Nos ônibus de menor porte que operam nas linhas do sistema local, aquelas bairro a bairro, já é comum esse tipo layout, sem a presença do banco e a caixa de cobrança.

Uma fonte ligada ao Rede Noticiando que trabalha para a gerenciadora da capital informou que o comunicado é verdadeiro, e que as empresas estão sendo orientadas a adquirir os veículos com o novo layout.

Atualmente a maioria dos pagamentos são realizados por meio do cartão do Bilhete Único, entretanto, oficialmente não há nenhum comunicado efeitivo da Prefeitura de São Paulo que prevê a extinção do cargo de cobrador de ônibus. Na gestão do ex-preifeito João Doria, ventilou-se a ídeia da retirada dos profissionais dos coletivos, mas não foi para frente.

Comunicado SPTrans
Foto: Redes Sociais

O suposto comunicado foi recebido om temor por movimentos sociais e entidades ligadas aos cobradores. O Sindmotoritas, que representa os trabalhadores dos ônibus na capital ainda não se pronunciou sobre o fato.

O portal Via Trólebus procurou a assessoria de imprensa da SPTrans e não teve retorno.

O Rede Noticiando entrou em contato com a prefeitura da capital e com a Secretária de Mobilidade e Transportes entretanto não havia tido resposta.

A gestora respondeu ao site Diário do Transporte informando que o comunicado é verídico.

Confira a nota na íntegra abaixo:

A SPTrans esclarece que não há nenhum plano de demissão dos profissionais que exercem a função de cobrador. Com o avanço da tecnologia e cobrança automática das tarifas no transporte coletivo, esses profissionais já passam por programas de reciclagem nas empresas e são reaproveitados pelo sistema em outras atividades como: fiscalização, manutenção, administração entre outras.

A reciclagem dos cobradores ocorre de maneira natural nas empresas já que atualmente, em todo sistema, apenas 5% dos passageiros fazem o pagamento da tarifa em dinheiro.

Vale destacar que a carta Circular DO 005/2019 enviada para as empresas de ônibus se refere ao layout interno dos futuros ônibus padron, que passarem a ser adquiridos pelas empresas. Desde 2014, os veículos do Subsistema Local, cerca de 6 mil carros, já circulam sem cobrador”.

Não estão incluídos na autorização os modelos articulados e biarticulados.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.