julho 3, 2022

Deixar o aluguel no passado é o sonho de muitos. Existe um sentimento de realização quase indescritível ao se comprar um imóvel próprio, principalmente quando se trata da primeira vez.

Para um passo tão grande, porém, é preciso agir com cautela. A compra de uma casa ou apartamento é a maior aquisição na vida da maioria das pessoas, e uma coisa tão significante precisa ser administrada com bastante atenção.

Fazer um bom negócio imobiliário depende de alguns fatores importantes que jamais devem ser ignorados. Se o imóvel já for usado, os cuidados devem ser em dobro.

Conheça alguns deles logo abaixo.

Verifique o valor de outros imóveis

Procurar saber o valor de outros imóveis semelhantes, principalmente os que estão localizados na mesma região, ajudam o comprador a ter uma ideia do preço médio, apesar das variações.

Desta forma, fica mais fácil saber se você investirá um valor justo.

Para obter essas informações, existem algumas opções:

  • Converse com moradores e comerciantes da área;
  • Caso você tenha contratado os serviços de uma imobiliária, peça que o corretor responsável faça um levantamento de preços e outras informações das casas e apartamentos da região;
  • Navegue por sites especializados em compra e venda de imóveis e compare as informações (fotos, localização, características gerais) umas com as outras.

Busque a avaliação de profissionais

Há quem procure por imóveis de maneira independente, porém a forma mais recomendada para fazê-lo é contando com a orientação de um profissional especializado no ramo.

Um bom corretor deve ter qualificações o suficiente para entender as particularidades do mercado, apontar condições positivas ou negativas, avaliar a relação de valores, analisar as circunstâncias físicas e burocráticas do imóvel e encontrar as melhores opções financeiras para seu cliente.

Com isso, existe uma segurança maior de que você está fazendo um negócio que realmente vale a pena.

No entanto, encontrar bons profissionais, daqueles que você tem total confiança, é uma tarefa um tanto quanto complicada. Por isso, a dica é pesquisar bastante e não ter pressa na hora de selecionar quem prestará a consultoria.

Peça a indicação de amigos e família e sempre busque levantar o cadastro da imobiliária e do profissional no Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) – o órgão de fiscalização da área – do seu estado.

Analise o site oficial, redes sociais e tudo o que achar necessário para fundamentar a competência de quem vai te auxiliar na jornada para comprar um imóvel.

Estude o tempo de construção

Imóveis mais novos costumam apresentar uma diferença de valorização em relação aos mais antigos, já que suas infraestruturas, por serem mais atualizadas, oferecem mais qualidade em relação ao momento atual.

Dentre essas dessemelhanças, é possível citar tomadas no padrão mais recente, fiação e encanamento mais novos e o uso de materiais mais modernos.

Apesar de oferecerem plantas mais amplas, os imóveis antigos, na maioria das vezes, têm um custo mais alto de manutenção e podem apresentar necessidade de reforma.

O importante mesmo é colocar tudo na balança e analisar se a compra de um imóvel mais antigo ou mais novo faz sentido não somente para o seu orçamento, mas também para o seu estilo de vida.

Entenda sobre a valorização da região

Alguns bairros são mais valorizados do que outros porque contam com mais opções de lazer, comércio, transporte, áreas verdes, policiamento e proximidade às áreas centrais e, claro, todas essas vantagens encarecem o valor do metro quadrado.

Assim, antes de assinar qualquer contrato, considere todos os pontos que podem afetar na valorização ou desvalorização do imóvel desejado.

Inclusive, existem localizações cuja valorização só acontece de médio a longo prazo.

Por exemplo: você comprou um apartamento que fica na esquina de uma futura estação de metrô. Certamente, o valor do seu imóvel será muito maior quando as obras forem concluídas, o que aumenta o preço de aluguel e venda.

Entender os aspectos de valorização, portanto, é uma estratégia essencial para quem encara a compra de imóveis também como uma forma de investimento.

Preste atenção na documentação

A recomendação do Creci é que o comprador deve se atentar aos documentos da habitação e nunca deixar de pedir a Certidão de Registro de Imóveis, cuja solicitação pode ser feita em um cartório da região.

A declaração possibilita identificar se o vendedor é realmente o proprietário oficial do local, o que ajuda a evitar possíveis golpes.

Outros documentos que devem ser solicitados são a Certidão de Distribuidor Trabalhista, Certidão Negativa da Justiça Federal e Certidão de Distribuidor Cível. Todos servem para a demonstração de que o proprietário não tem processos ou dívidas que possam provocar a penhora do imóvel.

A certidão de débito do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) também é necessária para mostrar que o proprietário não tem nenhuma dívida. O comprovante deve ser retirado na prefeitura da cidade.

No caso de apartamento, a certidão de débito deve ser pedida ao síndico ou à administradora do condomínio.

Caso o imóvel tenha sido construído há menos de cinco anos, é preciso requisitar a Certidão Negativa de Débitos Previdenciários e Trabalhistas (CNDT), que prova se a construtora responsável tem alguma inadimplência ou processo de execução trabalhista definitiva.

Segurança sempre

Depois da compra e a autenticação de toda a papelada, a preocupação com a integridade do imóvel não deve acabar.

Esta é a hora de preservá-lo e se garantir de que, se alguma situação desagradável acontecer, você terá as ferramentas necessárias para lidar com o problema.

Para isso, a contratação de um seguro residencial é altamente recomendada. A cobertura contra assaltos, furtos, acidentes e incêndios te deixarão mais tranquilos para curtir o novo lar.

A assistência 24 horas para manutenção e serviços domésticos que muitas seguradoras oferecem também é um conforto que torna o dia a dia mais simples.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando – A serviço da informação!

Igor Roberto

Graduando em Direito, formado em Enfermagem e Gestão Pública. É o criador do Rede Noticiando e escreve sobre temas relacionados à mobilidade urbana no Estado de São Paulo. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.