novembro 27, 2022

O Metrô de São Paulo será afetado por uma greve na próxima quarta-feira, dia 2 de fevereiro de 2022. Os metroviários optaram pela paralisação por não aceitar a proposta oferecida pela empresa sobre o pagamento da PR 2019.

Segundo o Sindicato dos Metroviários “é uma proposta que beneficia os altos salários e prejudica muito os metroviários e metroviárias que fazem o metrô funcionar”.

O Metrô também se recusou a negociar o pagamento dos Steps e a isonomia salarial.

A assembleia realizada nos dias 27 e 28 de janeiro aprovou os seguintes encaminhamentos:

  • Rejeitar a proposta do Metrô de R$ 1.500 para pagamento da segunda parcela da PR/2019.
  • Continua a retirada de uniforme na Estação e Tráfego e uso de adesivo em todas as áreas.

Nova assembleia na terça, dia 1°, e greve a partir da zero hora do dia 2 em defesa dos temas:

  • PR/2019 igualitária sobre uma folha de pagamento.
  • Abertura do processo de negociação para pagamento dos Steps, Isonomia e enquadramento salarial.
  • Fim do treinamento da Manutenção para realizar atividades da Operação.
  • Pagamento dos descontos da Manutenção relativo à Campanha Salarial de 2021.

Em caso de greve, as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata (monotrilho) serão afetadas.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando – A serviço da informação!

Ruan Filipe

Estudante, fã de games e de astronomia. Sou auxiliar de redação do Rede Noticiando e aqui trarei assuntos sobre mobilidade e tecnologia.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *