setembro 25, 2020

A concessionária ViaMobilidade têm realizado testes na frota F nas imediações da estação Capão Redondo da Linha 5-Lilás. Os testes envolvem o treinamento dos operadores e também para aperfeiçoamento do novo sistema de bordo que as composições receberam da Bombardier para que possam finalmente servir ao ramal que liga o Capão Redondo à estação Chácara Klabin.

Fabricados entre os anos de 2001 e 2002, os TUEs produzidos pela Alstom, modelo Metrópolis A48, e denominados como frota F, foram adquiridos para circular na recém inaugurada Linha 5-Lilás, no trecho Capão Redondo – Largo Treze, quando abriu suas portas em 2002. A frota é composta por oito trens que até março de 2017 prestaram serviços na linha lilás.

Após serem retirados de circulação, sendo substituídos pela moderna frota P, os oito trens da frota F entraram em um processo de modernização, para que pudessem um dia retornar as suas atividades.

As composições passaram a receber o sistema CBTC de bordo, e todo o processo de implantação e testes ficou sob responsabilidade da fornecedora Bombardier.

O Metrô chegou a cogitar em multar a Bombardier pelo atraso na conclusão da modernização dos trens, conforme mostrou o Rede Noticiando.

A promessa inicial era de que os trens ficassem disponíveis para operação, assim que as obras do trecho até a estação Chácara Klabin fossem concluídos e repassados a concessionária ViaMobilidade, que administra e opera atualmente a Linha 5-Lilás.

A concessionária opera atualmente com 26 trens da frota P, fabricados pela CAF, entretanto, esse número é baixo, e há necessidade da disponibilidade de uma oferta maior de trens disponíveis para o ramal, que opera com grande fluxo de passageiros, praticamente o dia todo.

A expectativa é de que até março de 2019, os trens já estejam disponíveis para operação comercial e possam ser repassados em sua totalidade a concessionária ViaMobilidade. O Trem F05 já recebeu a cor da empresa, restam agora as outras sete composições, para que sejam testadas e que esse problema que se arrasta desde 2017 finalmente seja solucionado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para os passageiros, isso pode significar uma boa notícia, o intervalo entre os trens poderá ser resolvido, com a inclusão dos oito trens, e uma frota reserva ficará a cargo da linha, para que em caso de substituição de trem por algum tipo de avaria, o ramal não fique com desfalque na operação.

Resta-nos aguardar o final dos testes, a conclusão do treinamentos dos operadores e que finalmente essa pendência se torne coisa do passado. A Linha 5-Lilás e seus passageiros irão agradecer os ”novos trens”.

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu cartão, escolha o tipo de recarga que deseja fazer e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

SIGA O REDE NOTICIANDO

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.