setembro 20, 2020

O valor da tarifa paga no Bilhete Único na modalidade do Vale-Transporte foi atualizado nos validadores das catracas dos ônibus desde a última terça-feira, 1° de setembro. O valor de R$ 4,83 intrigou os usuários dos coletivos que se surpreenderam com o novo valor.

Mostramos aqui no Rede Noticiando que a SPTrans, gerenciadora do transporte coletivo da capital, informou que não houve aumento na tarifa. O que aconteceu foi uma atualização do valor que aparece no visor dos validadores.

A SPTrans informou ainda que esse reajuste no Vale-Transporte está em vigor desde janeiro de 2020, quando a prefeitura de São Paulo deixou de subsidiar o VT, já que ele constitui uma obrigação dos empregadores, conforme a legislação trabalhista.

Desta forma, desde 1° de janeiro de 2020, as empresas pagam o valor de R$ 4,83 na contratação do Vale-Transporte, e o empregado continua com o desconto de até 6% do salário na folha de pagamento, independentemente do valor da tarifa.

A gerenciadora explicou que o que o trabalhador não paga nenhum valor extra com a mudança, já que o desconto na folha de pagamento se mantém em 6% do salário no máximo.

Entretanto, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) recomenda aos passageiros que fiquem atentos ao valor depositado pelo empregador no vale transporte, para checar se está sendo creditado conforme os R$ 4,83.

“É importante avaliar se o valor depositado foi correspondente ao valor, porque ele precisa ter passagens ao longo do mês. São cerca de 44 passagens no novo valor de R$ 4,83. É um valor cerca de R$ 19,00 a mais.”, declarou Rafael Calabria, especialista em mobilidade urbana do IDEC, à reportagem do G1.

Para Rafael Calabria a cobrança do vale transporte superior ao vale comum desencoraja os empregadores a contratarem quem mora longe do trabalho. “É uma outra diferenciação entre o usuário do vale comum e o usuário do vale transporte. Você torna mais caro e aí torna uma medida bastante injusta e incorreta para esse usuário mais simples”, disse.

A SPTrans declarou para a reportagem que desde o ano passado a prefeitura parou de subsidiar o vale transporte porque ele constitui uma obrigatoriedade dos empregadores. A instituição disse também que a verba obtida com essa modalidade é usada para custear o sistema de ônibus.

SPTrans

Para ficar por dentro das últimas notícias da SPTrans como alterações de linhas de ônibus, entre outras notícias, clique aqui.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.