outubro 22, 2020

Quem foi pagar a passagem dos ônibus da capital com o Bilhete Único no Vale-Transporte acabou ficando surpreso.

Os passageiros que utilizam o Bilhete Único na modalidade de Vale-Transporte foram surpreendidos na terça-feira, 1° de setembro, quando nas catracas ao invés de aparecer o débito no valor de R$ 4,40, apareceu o valor de R$ 4,83.

Foto: Reprodução-Diário do Transporte

Diante disso, passou a circular em diversas redes sociais e grupos de mensagens que a SPTrans, gerenciadora do transporte sobre ônibus da capital, havia aumentado o valor da tarifa sem comunicar previamente os usuários.

A fim de esclarecer essa questão, a SPTrans informou que não houve aumento na tarifa. De acordo com a gerenciadora, o que tem ocorrido é uma atualização do valor que aparece no visor dos validadores.

Desde 1° de janeiro de 2020, as empresas pagam o valor de R$ 4,83 na contratação do Vale-Transporte, e o empregado continua com o desconto de até 6% do salário na folha de pagamento, independentemente do valor da tarifa.

Desta forma, não houve aumento da tarifa, as empresas já pagavam o valor de R$ 4,83 desde o início do ano, e o passageiro não está pagando nada a mais por isso. O que aconteceu é que a gestão Bruno Covas deixou de susbidiar o vale-transporte, já que ele constitui uma obrigação dos empregadores, conforme a legislação trabalhista.

Fiquem tranquilos, segundo a SPTrans, não vai faltar créditos porque o que já foi depositado no Bilhete Único não muda, uma vez que só ocorreu a atualização do valor que aparece na catraca.

E para aqueles que pensam que haverá algum ressarcimento, porque não houve cobrança a mais, a gerenciadora respondeu que não, pois já estavam sendo cobrados e o limite de 6% do salário em folha de pagamento do trabalhador desde 1º de janeiro de 2020.

*Com informações do Diário do Transporte

SPTrans

Para ficar por dentro das últimas notícias da SPTrans como alterações de linhas de ônibus, entre outras notícias, clique aqui.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Anônimo says:

    Boa tarde eu fiz una recarga no bilhete comum e veio cobrando 4.83 não só é cobrando em bilhete de empresas não! Um absurdo isso…

  2. Essa SPTrans rouba o trabalhador na cara dura, e não tem pra quem reclamar a prefeitura de sp apoia essa roubalheira…esse prefeito é um lixo, a empresa depositou o valor que somado daria pra usar o mês todo, pois foi com base na tarifa de 4,40 ,eles cobram 4,83 a conta não fecha, vai sobrar pro trabalhador como sempre.

  3. Vaniele says:

    Nossa achei um absurdo !!! que cobrar 4,83 ok das empresas. Agora não deixar um horário de 3 horas (integração)ou opção de pegar 3 ônibus pelo menos é o cúmulo. Eu necessito de 3 condução (ônibus) dá não vou ter que tira 2×4,83 do meu bolso. Não tenho condições pra pagar isso tudo ,gostaria que vocês pensasse mais no próximo nesse caso aí .
    Desde já agradeço!

  4. Cris Moura says:

    Boa tarde!
    queria saber se vão descontar de quem coloca o dinheiro no cartão, sem ser pela empresa, vão descontar os R$ 4,83 e não vai dar pro mês todo o dinheiro certo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.