setembro 20, 2020

O aumento do valor da passagem dos ônibus no Bilhete Único na modalidade do Vale-Transporte pode culminar na abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Câmara Municipal de Vereadores da Cidade de São Paulo.

No dia 1° de setembro, os passageiros que utilizam o Vale-Transporte ao encostar o cartão Bilhete Único nos validadores notaram que o valor apresentado era de R$ 4,83, e isso intrigou à todos, gerando diversos questionamentos em relação ao suposto aumento da passagem. Antes, o valor cobrado apresentado nas catracas era de R$ 4,40, o mesmo de uma tarifa básica comum.

A SPTrans, empresa responsável pelo gerenciamento do transporte sobre ônibus na capital, negou que a passagem tenha aumentando e explicou que desde o dia 1° de janeiro de 2020, as empresas pagam o valor de R$ 4,83 na contratação do Vale-Transporte, e o empregado continua com o desconto de até 6% do salário na folha de pagamento, independentemente do valor da tarifa.

O requerimento para a proposta de abertura da CPI é de autoria do vereador Police Neto, do PSD, e foi publicado no edição do Diário Oficial da Cidade na quinta-feira, dia 10 de setembro.

Apesar da negativa da SPTrans sobre o aumento da passagem, o vereador quer uma investigação sobre a incompatibilidade de valores e apurar se a divergência causou prejuízo a trabalhadores, empregadores e até mesmo aos cofres públicos.

O prefeito Bruno Covas não se opôs a abertura do inquérito e disse que apoia qualquer tidpo de investigação ou fiscalização feita pela Câmara Municipal.

Tarifa do Vale-transporte atualiza e Idec pede atenção dos passageiros

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) recomenda aos passageiros que fiquem atentos ao valor depositado pelo empregador no vale transporte, para checar se está sendo creditado conforme os R$ 4,83.

“É importante avaliar se o valor depositado foi correspondente ao valor, porque ele precisa ter passagens ao longo do mês. São cerca de 44 passagens no novo valor de R$ 4,83. É um valor cerca de R$ 19,00 a mais.”, declarou Rafael Calabria, especialista em mobilidade urbana do IDEC

SPTrans

Para ficar por dentro das últimas notícias da SPTrans como alterações de linhas de ônibus, entre outras notícias, clique aqui.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.