maio 30, 2020

O número de casos de infectados pelo novo coronavírus entre motoristas e cobradores de ônibus da cidade de São Paulo aumentou.

Um levantamento divulgado nesta quarta-feira, 20 de maio, mostra que 131 motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo foram infectados pelo novo coronavírus. Os dados foram coletados pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano em São Paulo (Sindmotoristas) junto às empresas e cooperativas que operam os coletivos na capital.

Segundo o balanço, há 131 trabalhadores que tiveram resultado positivo para a doença em exame laboratorial, além de 520 casos suspeitos e 35 óbitos. Dentre as mortes, apenas 9 já foram confirmadas e 26 aguardam o resultado de exames.

A maior parte dos casos confirmados entre esses trabalhadores está nas empresas que operam ônibus nas zonas Leste e Sudeste da cidade. Juntas, elas têm 71 casos confirmados entre motoristas, de acordo com o sindicato.

Em nota a SPTrans e a Prefeitura de São Paulo não confirmam o número de casos apurado pelo sindicato e dizem que “não divulgam informações sobre casos específicos de pacientes.” A gestão municipal afirma ainda que “adotou uma série de medidas para que motoristas, cobradores e passageiros do sistema de transporte público da capital se previnam contra o novo coronavírus causador da Covid-19”.

Para o presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa, a categoria exerce uma atividade de alto risco porque se expõe ao contato com diversos passageiros diariamente.

“A cidade de São Paulo é o epicentro do coronavírus no país e por exercermos uma atividade responsável por transportar milhares de pessoas diariamente fazemos parte do grupo mais exposto ao COVID 19”, afirma Noventa.

Veja a íntegra da nota da SPTrans:

A Prefeitura de São Paulo adotou uma série de medidas para que motoristas, cobradores e passageiros do sistema de transporte público da capital se previnam contra o novo coronavírus causador da Covid-19. O uso de máscara para quem precisa se deslocar passou a ser recomendado, além de tomar a vacina contra Influenza, com o reforço de cuidados pessoais como lavagem das mãos a cada viagem realizada.

Como medida de prevenção, as empresas estão autorizadas a usar cortinas em formato de “L” nos postos dos motoristas para evitar o contágio pelo novo coronavírus. A SPTrans também sinalizou a distância de 1 metro entre os usuários nas plataformas para aguardar o embarque nos terminais.

A equipe técnica da SPTrans acompanha o movimento dos passageiros e adequa a frota de ônibus para atender a demanda da população. As informações de mudanças de linhas, funcionamento dos postos e recomendações podem ser acessadas no www.sptrans.com.br/covid-19.

A Secretaria Municipal da Saúde não divulga informações sobre casos específicos de pacientes, sejam eles suspeitos ou confirmados, de infecção por coronavírus.

A SMS mantém o sigilo médico e tem como objetivo manter a privacidade dos pacientes e familiares, preservando a identidade em todos os casos.

A pasta informa que o boletim oficial com as atualizações epidemiológicas pode ser encontrado no site.

Confira abaixo a situação por empresa e região:

SPTrans

Para ficar por dentro das últimas notícias da SPTrans como alterações de linhas de ônibus, entre outras notícias, clique aqui.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.