agosto 5, 2020

A audiência de tentativa de acordo de conciliação realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) entre o Metrô de São Paulo, Governo do Estado e o sindicato que representa os metroviários terminou sem acordo nesta segunda-feira, dia 27 de julho.

Neste momento, a categoria está realizando uma assembleia on-line para discutir e decidir sobre a paralisação, entretanto, a diretoria, por decisão unanime, já optou pela greve.

O desembargador responsável por presidir a audiência determinou que os percentuais são sobre os serviços e não à mão de obra.

Fica esclarecido que os percentuais acima estabelecidos dizem respeito à prestação do serviço, e não da mão de obra devidamente colocada para tanto”.

Em caso de descumprimento por culpa dos metroviários, o sindicato poderá ser multado em R$ 150 mil por dia e se a culpa for do Metrô, a pena se eleva para R$ 500 mil.

No caso de descumprimento da Liminar por culpa dos trabalhadores, fica estabelecida a multa diária de R$150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) e, se por culpa da Companhia, fica estabelecida a multa diária de R$500.000,00 (quinhentos mil reais). O cumprimento da Liminar será avaliado segundo análise de Relatório do Sistema de Registro de Frequência (marcação de ponto dos empregados), e do Relatório de Movimentação dos Trens.

Metroviários vem buscando negociação, porém, sem sucesso

O site Diário do Transporte trouxe algumas informações sobre a negociação entre o sindicato e o Metrô de São Paulo. Entre elas estão:

  • Redução da hora extra de 100% para 50%;
  • Fim do adicional de periculosidade dos Operadores de Trem e Agentes de Segurança;
  • Redução do adicional noturno de 50% para 20%;
  • Fim do auxílio-transporte da complementação salarial, entre outros.

Greve com catraca livre

A entidade propôs ao Metrô que ao invés de paralisar a circulação dos trens, trabalhassem com as catracas livres e sem a cobrança de tarifa, entretanto, a Companhia e o Governo do Estado recusaram.

Linhas afetadas

Em caso de greve as linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 15-Prata (Vila Prudente-São Mateus).

Confirmada greve no Metrô de São Paulo nesta terça-feira, dia 28

A greve no Metrô de São Paulo foi confirmada há pouco pelo Sindicato dos Metroviários de São Paulo.

A decisão foi tomada na noite desta segunda-feira, 27 de julho, durante uma assembleia virtual da categoria.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.