setembro 22, 2020

Um levantamento mostrou que a CPTM tem 16 pontos de lentidão por defeitos nas vias.

A CPTM tem 16 pontos de redução de velocidade causados por defeitos nas vias. A informação é do telejornal SP2 com dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

Segundo o levantamento, em 16,9 quilômetros de linhas da CPTM, correspondentes às linhas 7-Rubi, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade, foram registrados problemas de lentidão.

O trecho onde há maior redução de velocidade na CPTM está localizado entre Baltazar Fidelis e Francisco Morato, na Linha 7-Rubi. Neste local os trens poderiam circular a 90 km/h, mas na prática eles não passam de 20 km/h.

O trecho tem dois quilômetros de extensão e segundo a CPTM, o motivo da reduão é a estação provisória de Francisco Morato. Vale lembrar que a estação é “provisória” desde 2010.

Ainda, de acordo com o levantamento, a Linha 7-Rubi tem 11 pontos com redução de velocidade: alguns por problemas simples, como limpeza e substituição de brita, mas que estão há dois anos sem solução. Já esse trecho precisa ser reconstruído, desde 2013. O ponto mais antigo fica entre as estações Campo Limpo e Várzea Paulista: 19 anos para fazer um alinhamento de via, que ainda não tem data para sair.

Na Linha 11-Coral, a mais cheia da CPTM, tem redução de velocidade desde 2015 entre Itaquera e Dom Bosco. Em 2018 os trens andavam mais devagar também entre José Bonifácio e Guaianazes. Nesse trecho não tem nem previsão de voltar ao normal.

Na Linha 12-Safira, a travessia do corrégo Tiquatira obriga desde 2015 uma redução 30 km/h na velocidade entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart. A CPTM disse que essa obra é de responsabilidade da Prefeitura de São Paulo. Por sua vez, a Prefeitura de São Paulo informa que a obra sobre o córrego Tiquatira foi concluída em novembro. Agora a CPTM disse que vai aguardar o fim do período de chuvas para checar a estabilidade do trecho e voltar a velocidade ao normal

Na Linha 13-Jade os trens são obrigados a andar a 50km/h num trecho onde a velocidade normal é de 90km/h por problemas de alinhamento na via. Essa restrição começou em dezembro de 2018, nove meses depois da inauguração da linha.

Quando os problemas serão resolvidos?

Segundo informou a CPTM à reportagem, o o prazo para resolução de alguns dos problemas nas linhas 11-Coral, 13-Jade e 7-Rubi é o segundo semestre deste ano. E destacou que a solução depende de grandes obras.

Já em relação ao problema de 19 anos na Linha 7-Rubi: ainda não há prazo para solução. A CPTM disse que a obra requer uma semana de interdição. Disse que já houve três tentativas de execução. E que precisa fazer uma programação com o serviço de ônibus para conseguir executar o serviço necessário.

Transporte sobre trilhos

Confira a situação das linhas metro ferroviárias em São Paulo na aba “Metrô Agora” e “CPTM Agora” do Rede Noticiando e já saia de casa sabendo se tem alguma alteração ou falha.

Caso você seja usuário do Telegram e queira receber nosso conteúdo em primeira mão, se inscreva no nosso canal, o Rede Noticiando.

E se você for estudante da capital e utiliza o Bilhete Único Estudantil e ainda não renovou, tem dúvidas? Não perca tempo! Confira nossa matéria sobre como renovar seu benefício e tire todas as suas dúvidas.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.