O ”novo bonde” de Santos vai demorar. pelo menos, mais dois meses para entrar em circulação na cidade que fica localizada no litoral paulista. O restauro do veículo que foi doado pela cidade de Nagasaki, no Japão, ficou paralisado por conta de uma peça que não foi entregue pelo fornecedor.

A intenção da prefeitura de Santos era que ele estivesse nos trilhos no dia 9 de agosto, no Dia Municipal da Luta pelo Desarmamento Nuclear e Paz Mundial, relembrando as vítimas da bomba atômica de 1945, mas a nova previsão da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) é de que isso não ocorra antes de outubro.

Atraso na peça

Uma peça específica para o rolamento do eixo do bonde foi o grande problema. Como o equipamento é da década de 50, não se consegue facilmente sua reposição, tendo que fabricá-la.

Sem esse componente, a equipe do restauro não consegue montar o carro, fazer a pintura e finalizar os detalhes do projeto. A previsão inicial era de que a peça chegasse até sexta-feira passada, o que não ocorreu. Só nesta semana o componente foi montado, mas devido às chuvas dos últimos dias, os técnicos não fizeram o transporte do truck para evitar molhar o motor de tração do veículo.

A empresa que ficou responsável pela fabricação da peça pode ser punida, dependendo do tempo de atraso, informou a CET-Santos.

Bonde doado a Santos

A doação do bonde de prefixo 206 foi feita em 2012, quando o convênio das cidades-irmãs entre Nagasaki e Santos completou 40 anos. O processo foi formalizado em 2014 e em 2016 o veículo foi para o pátio de bondes no Valongo, onde acontecem os trabalhos de restauração. O veículo japonês, que será o sétimo a funcionar em Santos, vai usar o mesmo sistema dos trólebus que já operam na Cidade.

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu cartão, escolha o tipo de recarga que deseja fazer e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.