outubro 25, 2020

O Estado de São Paulo foi castigado por diversos alagamentos em razão das fortes chuvas. Esse post está sendo atualizado conforme as informações vão chegando.

*Confira a situação do transporte público, do trânsito e muito mais sobre o Estado de São Paulo nesta terça-feira, 11 de fevereiro, clicando aqui.

As informações abaixo são pertinentes a segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020:

O transporte público na capital paulista e também na Grande São Paulo está prejudicado desde a madrugada desta segunda-feira, 10 de fevereiro, por conta de alagamentos.

A CPTM informou logo no início da operação comercial, às 4 horas, que as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda estavam com trechos interrompidos em razão de alagamentos na via.

O rodízio de carros foi suspenso na manhã desta segunda-feira, 10 de fevereiro, em São Paulo, em meio à chuva e a vários alagamentos em vias da cidade.

Às 8h57, o Centro de Gerenciamento de Trânsito (CET) registrava 94 quilômetros de lentidão. Só na Marginal Tietê, um dos pontos onde houve interdição, havia 28,6 quilômetros com lentidão no sentido Ayrton Senna/Castelo, 32,1% acima da média para o horário.

Segundo o Corpo de Bombeiros, foram 320 registros de ocorrência com enchentes na Grande São Paulo, 36 desabamentos e 47 quedas de árvores até as 9h.

De acordo com a SPTrans, a circulação dos ônibus municipais está prejudicada e as equipes reforçaram o monitoramento da operação dos ônibus e orientam os passageiros em seus deslocamentos. Os 31 terminais de ônibus municipais estão operando normalmente e não há alagamento no interior deles, mas os ônibus têm dificuldade em realizar o atendimento devido ao acesso prejudicado pelos alagamentos.

A Linha 8 da CPTM voltou a circular normalmente por volta das 9h08. Já a linha 9 têm trechos com operação paralisada entre as estações Santo Amaro e Osasco.

Foram 320 registros de ocorrência com enchentes na Grande São Paulo, 36 desabamentos e 47 quedas de árvores até as 9h.

Todas as linhas do Metrô de São Paulo estão circulando normalmente.

Um trem acabou apresentando falha na estação Jaraguá da linha 7-Rubi e em razão disto o intervalo entre as composições ficou alterado entre as estações Brás e Francisco Morato.

ÔNIBUS: Às 10h06 foi divulgado que em razão dos pontos de alagamentos intransitáveis, os ônibus não circulam em importantes vias de São Paulo como:

  • Av. das Nações Unidas;
  • Av. Marquês de São Vicente;
  • Av. Dr. Chucri Zaidan;
  • Av. Prof Francisco Morato,
  • Av. Pres Castelo Branco;
  • Av. Santos Dumont (Bom Retiro);
  • Av. Nossa Senhora do Ó;
  • Av. Braz Leme;
  • Av. Giovanni Gronchi, Av. Interlagos;
  • Av. Santo Amaro;
  • Av. Miguel Estefno;
  • Av. 11 de Junho.

CHUVA EM OSASCO: De acordo com a prefeitura, chuva em Osasco foi de 135mm, muito além da média para o período. Desde a madrugada de segunda, a prefeitura montou um Gabinete de Crise no COI (Centro de Operações Integradas), que faz o monitoramento da cidade a partir de 300 câmeras espalhadas em pontos estratégicos.

A Defesa Civil foi acionada 38 vezes, sendo 16 ocorrências de deslizamentos e desabamentos – um deles no Morro do Socó. Não há vítimas registradas na cidade.

A Zona Norte do município foi a mais afetada. Até as 10h, seis pontos de alagamento intransitáveis eram registrados:

  • Avenida dos Autonomistas, no Km 21;
  • Rotatória dos Sargentos;
  • Avenida Frei Caneca;
  • Viaduto Fuad Auada Centro/Bairro;
  • Avenida Lourenço Belolli;
  • Avenida Henry Ford.

CHUVAS: De acordo com a Prefeitura de São Paulo, as chuvas que atingem a capital paulista desde a noite de domingo ganharam força a partir da primeira hora desta madrugada, acumulando em aproximadamente 3h cerca de 60mm de média na cidade. Em alguns bairros, houve registro de valore bem acima dessa média. Para o mês de fevereiro a média esperada é de 216,7 mm e até as 7h desta segunda já havia chovido cerca de 179,9 mm, que equivale a 83% da média esperada em apenas 10 dias.

Regiões com ESTADO DE ALERTA:

  • Subprefeitura do Ipiranga desde às 02h15: Transbordamento do córrego Ipiranga na Av. Professor Abraão de Morais x Rua Francisco Tapajós.
  • Subprefeitura do Butantã desde às 02h39: Transbordamento do córrego Pirajuçara próximo ao Hipermercado Extra.
  • Marginal Pinheiros desde às 02h39: Transbordamento do Rio Pinheiros. Av. Marginal Pinheiros junto a Ponte Cidade Universitária e Ponte do Jaguaré.
  • Marginal Tietê às 04h53: Transbordamento do Rio Tietê junto a Ponte do Piqueri no sentido Castelo Branco/Ayrton Sena. Intransitável.
  • Alerta Subprefeitura de Perus às 04h53: Transbordamento do Córrego Perus na Praça Inácio Dias.

Até as 11h desta segunda, os bombeiros registraram:

  • 470 enchentes
  • 75 desabamentos/desmoronamentos
  • 80 quedas de árvores

Situação dos ônibus da EMTU na Grande São Paulo:

  • Operação com atrasos em todas as áreas da Grande São Paulo e impossibilidade de circulação em áreas como a Marginal do rio Tietê, onde trafegam diversas linhas provenientes de Guarulhos;
  • Terminal Taboão, em Guarulhos, com operação suspensa devido a alagamento;
  • Terminal Luís Bortolosso, em Osasco, com operação comprometida devido ao alagamento nos acessos;
  • Corredor ABD operando com atrasos;
  • VLT da Baixada Santista com operação normal.

Situação das Marginais às 11h20:

  • Marginal Tietê: trânsito foi liberado próximo à Ponte do Limão, pista expressa sentido Ayrton Senna;
  • Marginal Pinheiros: trânsito liberado junto à Ponte Engenheiro Roberto, sentido Interlagos.

PONTOS DE ALAGAMENTOS: Ao todo, às 11h58, eram 85 pontos de alagamentos, sendo 66 intransitáveis e 19 transitáveis.

A previsão para esta segunda-feira é de mais chuva forte na capital e outras regiões do estado.

Medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos; veja abaixo

  • Evite transitar em ruas alagadas;
  • Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas;
  • Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;
  • Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;
  • Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;
  • Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da (CET) Companhia de Engenharia de Tráfego através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.

CARAPICUÍBA: Segundo a prefeitura, as fortes chuvas sobre a cidade e toda a região causaram alguns transtornos, comprometendo a mobilidade. Foram registrados quatro pequenos deslizamentos e três quedas de muros, sem vítimas. Em quatro pontos da cidade, os alagamentos chegaram a comprometer residências, mas sem vítimas. Nessas regiões de alagamentos, não houve nenhum caso de família desabrigada.

Um deslizamento de terra atingiu um ônibus municipal na avenida Sezefredo Fagundes, na Zona Norte de São Paulo, segundo o Corpo de Bombeiros.

PONTOS DE ALAGAMENTOS: Ao todo, às 13h, eram 89 pontos de alagamentos, sendo 66 intransitáveis e 23 transitáveis.

Segundo o Corpo de Bombeiros, foram 796 registros de ocorrência com enchentes na Grande São Paulo, 140 desabamentos e 120 quedas de árvores até as 13h30.

TRANSPORTE: De acordo com a assessoria de imprensa do Metrô, às 14h40 as linhas 1-Azul e 3-Vermelha foram normalizadas. A linha 9-Esmeralda da CPTM está operando parcialmente desde às 04h26, com trens circulando apenas entre as estações Grajaú e Santo Amaro. Quarenta ônibus foram acionados para a operação Paese no trecho interditado. Já os trens da Linha 7-Rubi estão circulando com velocidade reduzida por conta de falha de energia entre as estações Brás e Francisco Morato. Nas linhas de ônibus intermunicipais os passageiros enfrentam problemas no Terminal Taboão, em Guarulhos e no Terminal Luís Bertolosso, em Osasco.

secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo Alexandre Baldy disse em entrevista à Globonews que todo o sistema de transportes da capital está operando normalmente nas próximas horas para a volta para casa. A exceção, porém, é na Linha 9-Esmeralda, que não opera entre Santo Amaro e Osasco. Entre as estações Grajaú e Santo Amaro a operação está normal.

“O metrô funciona normalmente no final de tarde. Todos os trens estão disponíveis caso haja aumento de demanda. As linhas estarão com frota aumentada caso haja necessidade. A CPTM opera normalmente após quedas de árvores de manhã. Os ônibus metropolitanos operam normalmente com alguma dificuldade onde a chuva causou maior problema de trafegalidade, como nas Zona Oeste, e Guarulhos, mas toda a operação estará operando normalmente”, afirmou.

Toda a cidade de São Paulo está estado de atenção para alagamentos desde às 1h02. Por volta das 15h30, o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo, informou o término do estado de alerta da subprefeitura do Jaçanã/Tremembé.

Devido ao transbordamento de rios e córregos, as seguintes regiões estão em estado de alerta:

  • Marginal Pinheiros, devido a transbordamento às 2h39, junto a Ponte Cidade Universitária Marginal Tietê, devido a transbordamento às 4h53 junto a Ponte do Piqueri.
Toda a cidade de São Paulo está estado de atenção para alagamentos desde às 1h02.

RODOVIÁRIAS: Por meio de nota, a empresa que administra os terminais rodoviários de São Paulo, informou que desde as primeiras horas desta segunda, dia 10, até as 17h50 foram suspensas 665 partidas programadas para sair do Terminal Rodoviário Tietê e 270 do Terminal Rodoviário Barra Funda.

ALAGAMENTOS: A capital paulista registrou 132 pontos de alagamento nesta segunda-feira. No momento, 79 seguem ativos.

TRANSPORTE SOBRE TRILHOS: Às 18h36 a linha 9 da CPTM tem trechos com operação paralisada e a Linha 7 tem trecho com velocidade reduzida; Metrô funciona normalmente.

RODÍZIO: A Prefeitura de São Paulo manterá o rodízio de veículos suspenso até a manhã desta terça-feira, 11 de fevereiro.

CHUVAS: De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo, por volta das 18h30 ocorreu o término do estado de atenção para alagamentos de todas as zonas da cidade. Os estados de alerta nas Marginais Pinheiros e Tietê permanecem.

TRANSPORTE: As chuvas afetaram a operação dos ônibus metropolitanos da EMTU/SP, principalmente, nas cidades de São Paulo, Taboão da Serra, Osasco, Itapevi e nas regiões das marginais Pinheiros e Tietê. De acordo com o Governo do Estado de São Paulo, as linhas operam com atraso de aproximadamente uma hora. Os terminais Taboão, em Guarulhos, e Luiz Bortolosso, em Osasco, tiveram sua operação suspensa. Outros municípios impactados foram São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Cajamar e São Vicente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram 1018 registros de ocorrência com enchentes na Grande São Paulo, 182 desabamentos e 206 quedas de árvores até as 19h05.

FALTA DE ENERGIA: De acordo com a Enel, os bairros da capital paulista mais afetados pela falta de energia foram Freguesia do Ó e Barra funda. Na Grande São Paulo, as cidades mais afetadas foram Osasco, Santana de Parnaíba, Barueri e Santo André. A empresa disse ainda, por meio de nota, que uma subestação localizada na Barra Funda está inundada e temporariamente desligada e que as equipes da concessionária conseguiram restabelecer a energia de 50% dos clientes afetados pelo problema. Por fim, a Enel disse que trabalha com o Corpo de Bombeiros para tentar normalizar o fornecimento para todos os clientes impactados.

SAÚDE: De acordo com a Prefeitura de São Paulo, 22 Unidades Básicas de Saúde tiveram dificuldade de obter o pleno atendimento nesta segunda-feira (10) e cinco equipamentos estão fechados: UBS Jardim Lapenna, UBS União de Vila Nova, UBS Anastácio, UBS Pari e o Laboratório Lapa. A gestão municipal disse ainda que os usuários que não conseguiram comparecer às consultas ou exames poderão reagendar os procedimentos se dirigindo as Unidades no decorrer da semana.

ALAGAMENTOS: capital paulista registrou 161 pontos de alagamento nesta segunda-feira, 10. No momento, 19 seguem ativos, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

TRÂNSITO: A pista expressa da Marginal Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, na altura da Ponte das Bandeiras, foi liberada. A pista local ainda permanece interditada. De acordo com a concessionária Ecopistas, permanece a interdição total da Rodovia Ayrton Senna, sentido São Paulo, entre o km 21 e o km 11, devido as interdições que ainda acontecem na Marginal Tietê.

PREVISÃO DO TEMPO: De acordo com o Centro de Emergências Climáticas (CGE), a previsão é a de que o céu ainda fique encoberto nesta terça-feira, 11 de fevereiro, e que chuviscos ocasionais atinjam a Grande São Paulo e a Capital. A temperatura deve variar entre 18ºC e 21ºC. Ainda de acordo com o CGE, na quarta-feira, dia 12, são esperadas chuvas rápidas e isoladas.

*Confira a situação do transporte público, do trânsito e muito mais sobre o Estado de São Paulo nesta terça-feira, 11 de fevereiro, clicando aqui.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.