Desde a última segunda-feira, dia 25 de junho, a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, ampliou a vacinação contra gripe para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. Esta ampliação se dá em decorrência da baixa adesão à vacina, que atingiu somente 66,2% dos públicos-alvo até o dia 13 de junho.

Ao todo, foram aplicadas 2.183.992 doses. A meta é atingir 90% da população. Os demais grupos-alvo podem continuar se vacinando sem uma data limite para término da campanha.

A criação dos novos grupos, definida pelo Ministério da Saúde, se justifica pelo fato de que as crianças apresentam melhor resposta a vacinação, além de o grupo ser um dos principais transmissores do vírus Influenza. Já o grupo de adultos com 50 a 59 anos de idade, apresenta maior carga da doença, elevado percentual de risco e maior vulnerabilidade para óbito.

A adesão segue baixa entre:

– Gestantes (cobertura de 43,5%)
– Crianças com idade entre seis meses e cinco anos (cobertura de 44,8%)

Maior cobertura entre os grupos prioritários é o da:

– População indígena (106,9%)
– Pessoas com 60 anos ou mais (79,6%)
– Mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto-puérperas (72%)
– Profissionais de saúde (64,1%)
– Pessoas com doenças crônicas e outras comorbidades (57,2%)

Nos novos grupos não será avaliada a cobertura vacinal, somente as doses aplicadas.

A vacina que protege contra três subtipos do vírus da gripe (H1N1, H3N2 e Influenza B) está disponível desde o dia 23 de abril em todas as unidades de saúde para os grupos prioritários, que são as pessoas mais vulneráveis ao desenvolvimento de quadros mais graves de doenças respiratórias. A meta é atingir 90% da população.

Para receber a dose, é preciso levar documento de identificação e, se possível, a carteira de vacinação e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). Os profissionais de saúde e educação precisam apresentar holerite ou crachá de identificação. Portadores de doenças crônicas e outras comorbidades devem levar a receita da medicação que faz uso com data dos últimos seis meses.

Outras cidades

Em outras cidades da região metropolitana a vacinação contra gripe também foi ampliada como Francisco Morato, Guarulhos, Osasco, São Bernardo do Campo, Suzano, Barueri e Cotia.

Redação

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.