maio 18, 2024

Dever aos bancos têm se tornado cada vez mais frequente entre os brasileiros que desconhecem como e se perguntam: “como limpar meu nome?”. Segundo o mapa da Serasa, neste ano, a inadimplência aumentou de agosto para outubro e atingiu pouco mais de 71,9 milhões de brasileiros.

No entanto, existem formas de sair do vermelho de maneira bem prática e rápida, permitindo que você tenha uma vida mais tranquila. Assim, entenda o significado de estar com o nome sujo e de quais formas você consegue tirá-lo dos Órgãos de Proteção ao Crédito!

O que significa estar com o nome sujo?

O chamado nome sujo serve para identificar que uma pessoa está com o CPF restrito nos birôs de crédito por ter dívidas em aberto. A partir do momento que um consumidor deixa de pagar um boleto no tempo previsto, ocorre o atraso, que ainda pode ser quitado, porém, com juros.

Caso não aconteça o pagamento, o credor pode solicitar a inclusão da restrição do seu nome nos Órgãos de Proteção Crédito. Qualquer tipo de dívida pode ser negativada, como contas de energia, cartão de crédito, internet, e muito mais.

Dessa forma, surge a dúvida sobre como limpar meu nome. E, para permanecer em dia com as instituições financeiras, é necessário avaliar a sua situação de devedor para entender o motivo pelo qual aconteceu a negativação. 

É possível negociar dívidas com bancos para limpar o nome?

É direito dos consumidores quitarem as dívidas com os bancos e de entender o quanto devem realmente. Por exemplo, se há desconhecimento a respeito de como limpar meu nome, primeiramente se deve contatar a instituição financeira com um débito registrado e questionar a respeito de negociações que se adequam ao momento.

O ideal é que você converse com os credores para entender como se encontra a taxa de juros, encargos e IOF. Com estes dados, você tem mais facilidade em separar a quantia em dinheiro para resolver a sua situação e voltar a ficar no azul.

Dicas infalíveis de como quitar as dívidas com os bancos

Temos compreensão acerca do mapa de inadimplentes do Brasil e não saber como limpar seu nome, trará problemas imediatos à rotina. Como a dificuldade de solicitar créditos, comprar ou alugar uma casa e conquistar um bom financiamento para obter o veículo dos sonhos.

No entanto, quando você consegue quitar o que deve no tempo acordado, as instituições retiram o nome dos Órgãos de Proteção ao Crédito. Por este motivo, é importante acompanhar as dicas para não ser mais incomodado diariamente com telefonemas insistentes de cobranças. Veja:

Realize um diagnóstico financeiro e organize suas finanças

Não há maneira melhor de limpar o nome do que realizar uma análise das finanças e organizá-las de forma correta e bem feita. É possível fazer tanto por aplicativo, quanto por uma planilha ou, se preferir, um caderno onde você anota o quanto recebe por mês e quais são os gastos.

Consulte seu CPF nos birôs de crédito para saber mais sobre suas dívidas

O próximo passo é descobrir qual dívida está negativada. Um jeito muito fácil, é verificando online mesmo, nas plataformas de birôs de crédito. É necessário realizar um cadastro e logar na plataforma. Geralmente na primeira já aparece essa informação, contando com dados importantes, como nome do credor, valor pendente, entre outros.

Há birôs de crédito em que essa consulta é gratuita, como a Serasa.

Faça um planejamento financeiro para quitar suas dívidas

Com todos os dados que mencionamos nas dicas anteriores, você já pode fazer um planejamento para quitar sua dívida nos próximos meses. Lembre-se que muito provavelmente terá que economizar muito, pelo menos, até colocar todas as pendências em ordem.

Estabeleça metas e formas de como alcançá-las. Priorize as dívidas mais caras, como as que possui taxas e juros muito altos, devido ao atraso do pagamento. E não se preocupe se não tiver o dinheiro na quantia total para o pagamento. Hoje, muitas instituições parcelam a dívida a fim me facilitar o seu pagamento.

Renegocie suas dívidas com os bancos

O próximo passo é renegociar suas dívidas. Afinal, é essencial para conseguir ficar com o nome limpo novamente. Uma maneira é entrar em contato diretamente com o credor e solicitar esta renegociação.

No entanto, existem outras formas bem interessantes de renegociar. Uma delas é participar de feirões ou acessar plataformas de renegociação de dívidas que oferecem muitas ofertas exclusivas e pode ser uma forma vantajosa de conseguir regularizar sua situação.

Um bom exemplo, é a Serasa Limpa Nome, na qual possui parcerias com diversos bancos aqui no país. O Bradesco é um deles, na qual oferece descontos e condições imperdíveis para acordos. Se é o seu acaso, confira ofertas de negociação com o Bradesco e limpe seu nome com a Serasa!

Cumpra com o acordo

Caso você tenha preferência em parcelar, é necessário cumprir com o acordo para limpar seu nome e não correr o risco de ficar em dívida, ou ainda, voltar com o nome negativado. Você precisa quitar o que deve no dia certo, pois com um dia atrasado perde-se a negociação e você terá de conversar novamente com a instituição.

Monitore todas suas finanças

Com o controle que você iniciou para o planejamento, você pode continuar utilizando para monitorar todas suas contas e não perder o controle. Faça isso regularmente para não esquecer nenhuma dívida.

Desconhecer como limpar seu nome pode prejudicar não apenas a rotina financeira, mas a saúde mental também, afinal, existe a preocupação constante em quitar o que deve. Por isso, siga nossas dicas e saia dessa situação! Gostou do artigo? Compartilhe-o com seus amigos!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *