A partir desta segunda-feira, 4 de junho,  o novo ramal da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) passa a operar em operação comercial. O horário de funcionamento é de domingo a sexta-feira, das 4h à meia-noite e aos sábados das 4h à 1h, com cobrança de tarifa no valor de R$ 4,00.

A linha que inicialmente foi prometida para antes da Copa do Mundo de 2014, que ocorreu no Brasil, foi inaugurada no dia 31 de março de 2018 e desde então operava em horários reduzidos para testes. Neste período, segundo a CPTM, foram transportadas gratuitamente, cerca de 300 mil pessoas.

A linha 13-Jade conta com 12,2 km de extensão e faz ligação com a Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana) na Estação Engenheiro Goulart, na Zona Leste da capital paulista. A transferência entre os ramais ocorre de forma gratuita.

estação guarulhos cecap

Estação Guarulhos-Cecap vista da passarela de acesso (Foto: Eduardo Silva)

Promessas

Segundo a CPTM, ainda neste mês devem começar algumas partidas por dia da Estação Brás, segundo estimativa, as partidas devem ocorrer somente nos horários de pico.

Há ainda a promessa de um trem expresso, partindo da Estação da Luz rumo à Estação Guarulhos-Aeroporto, o serviço está previsto para iniciar a partir de julho ou agosto e terá a tarifa de R$ 8,00.

Dificuldades da nova linha

Na manhã desta segunda-feira, diversos relatos circularam nas redes sociais informando sobre os problemas enfrentados com o novo horário de funcionamento da Linha 13-Jade. Segundo os próprios passageiros, o intervalo médio entre os trens na nova linha foi de 30 minutos.

Outra dificuldade encontrada pelos passageiros é quando o trem chega ao seu destino final na Estação Engenheiro Goulart, ao realizar a transferência para os trens da linha 12-Safira, não conseguiam embarcar. Os trens chegavam lotados e o embarque dos passageiros oriundos de Guarulhos era praticamente impossível de ser realizado.

A CPTM colocou um serviço de Loop para tentar desafogar o acúmulo de passageiros que se formou na Estação Engenheiro Goulart, com isso colocou trens para circular no trecho entre as estações Brás – Engenheiro Goulart, a partir daí um novo problema surgiu.

Para esse serviço funcionar, foi necessário diminuir a velocidade nos trens da linha 12-Safira, o que gerou atrasos em todo ramal, e consequentemente mais reclamações por parte dos passageiros.

Integrações

A linha 13-Jade permite aos passageiros, integrações físicas e tarifárias com a rede de trens e ônibus municipais de São Paulo e Guarulhos. Entre eles estão:

Terminal Rodoviário de Guarulhos e o Terminal Cecap da EMTU, com acesso pela passarela da Estação Guarulhos-Cecap e o Terminal Metropolitano Taboão da EMTU, nas proximidades da Estação Guarulhos-Aeroporto.

Integração gratuita com a linha 12-Safira na Estação Engenheiro Goulart, ramal que serve como porta de entrada para a linha 13-Jade.

Quando estiver em operação, o serviço Connect irá permitir os passageiros a terem acesso aos ônibus municipais de São Paulo, gerenciados pela SPTrans, e conexões com as linhas 3-Vermelha do Metrô (Corinthians-Itaquera – Palmeiras-Barra Funda), 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra) e 11-Coral (Luz – Guaianases – Estudantes) na Estação Brás.

E através do serviço Expresso Aeroporto, os passageiros terão acesso as linhas municipais de São Paulo e metropolitanas da EMTU que passam no entorno das linhas 1-Azul (Jabaquara – Tucuruvi), 4-Amarela (Luz – Butantã), 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí) e 11-Coral (Luz – Guaianases – Estudantes), na Estação da Luz.

traslado estação aeroporto

Ônibus gratuito que circula entre a Estação Guarulhos-Aeroporto e os terminais do Aeroporto (Foto: Eduardo Silva)

Conclusão da viagem para o Aeroporto de Guarulhos ocorre sobre ônibus

Originalmente, o trem deveria chegar bem próximo do Aeroporto de Guarulhos, mas devido a falta de entendimento entre o Governo do Estado através da Secretaria de Transportes Metropolitanos, a concessionária GRU Airport, responsável pelo aeroporto e estabelecimentos comerciais, os passageiros devem seguir viagem de ônibus, que operam de forma gratuita partindo da Estação Guarulhos-Aeroporto, rumo aos terminais de embarque.

Para o Terminal 1, os passageiros devem utilizar uma passarela de 450 metros sobre a Rodovia Hélio Smidt. Já os passageiros que precisam utilizar os terminais 2 (voos domésticos das companhias Latam, Gol e Avianca, entre outras) e 3 (Air France, American Airlines, Emirates, voos internacionais da Latam, Iberia e Qatar, entre outras) terão de seguir em ônibus (traslados) sem cobrança de tarifa fornecidos pela concessionária do aeroporto, a GRU Airport. O Terminal 2 fica a 1,5 km da Estação e o Terminal 3 fica 2,5 km distante.

Os ônibus circulam entre os três terminais e operam no mesmo horário dos trens. O trajeto circular demora cerca de 10 minutos, e se necessário, o horário de funcionamento dos ônibus pode ser ampliado nos próximos meses.

Com todo esse trajeto complementar que o passageiro terá para seguir até os terminais de embarque, a conclusão que chegamos é que a Estação Guarulhos-Aeroporto, não é tão aeroporto assim.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

    • O horário de pico da manhã entre 6h e 9h a linha 12-Safira sempre fica muito lotada na Estação Engenheiro Goulart, a CPTM parece que está colocando alguns trens vazios partindo desta estação, nos próximos meses haverá trens indo até a Estação Brás nos horários de pico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.