O Bilhete Único na modalidade Vale-Transporte volta a dar direito efetivamente a quatro embarques em três horas, em vez de dois embarque em três horas, a partir desta segunda-feira, 10 de junho. O anúncio foi feito pela prefeitura de São Paulo no início da noite deste domingo, dia 9.

A gestão municipal informou ainda que a modalidade, cuja tarifa tinha sido elevada em R$ 4,57 volta a ser de R$ 4,30.

Confira a nota da prefeitura na íntegra:

”Em cumprimento à decisão recente do Tribunal de Justiça de São Paulo, a PMSP informa que, a partir da 0h desta segunda-feira, 10/06, após o período necessário para mudança no sistema dos validadores dos 15 mil ônibus, o sistema de Vale-Transporte sofrerá alterações.

Os usuários do sistema poderão realizar até 4 embarques em ônibus diferentes no período de 3 horas ao valor de R$ 4,30.

A Prefeitura de São Paulo informa ainda que está recorrendo da decisão, uma vez que ela representa um gasto adicional de R$ 650 milhões por ano para subsidiar, com dinheiro da população de São Paulo, uma obrigação que cabe às empresas”.

A medida cumpre decisão da juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública, do dia 27 de maio de 2019, que atendeu ação movida pelo Idec – Instituto de Defesa do Consumidor e pela Defensoria Pública de São Paulo.


Ganhe R$ 10,00 de desconto

Precisando recarregar o seu Cartão de TransporteBaixe aqui o aplicativo RecargaPay e ganhe R$ 10,00 em desconto utilizando o nosso código NOTICIANDO. Válido apenas no primeiro uso do aplicativo.


Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Mini bibliotecária (Tributo, Semi-deusa, selecionada). Fotógrafa aspirante e amante de astronomia.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Isso é ótimo! Até porque as rotas de muitos ônibus mudaram, atendendo apenas uma parte do caminho e fazendo o usuário precisar fazer muitas vezes mais de uma integração. Além de desgastante ter que ficar descendo, subindo e esperando ônibus, ainda tinha que pagar a mais por isso. As passagens sempre estão tendo reajustes, se for pra ficar cada vez pior, sai fora! Queremos e precisamos de melhorias, não uma situação ainda mais tensa.

  2. EMMANUELLE TEIXEIRA says:

    Tava ridículo de mais essa situação, sem contar que eu também tive que mudar e andar por 30 minutos vindo da faculdade por ter somente direito de pegar dois ônibus, mais do que isso era paga e eu não tinha muitas das vezes…

  3. Marcos Melo says:

    Esse é com certeza o pior prefeito que São Paulo já teve, só toma medidas impopulares que vão contra o povo que mais precisa, os ricos não pegam ônibus, eu estava caminhando 20 minutos pra chegar em casa às 23:30 numa região perigosa por essa medida ridícula desse pilantra, sendo que com 3 conduções eu pego um ônibus que me deixa na porta de casa, se Deus quiser esse cara não ganha nem eleição de síndico de prédio.

    • Eu estava tendo que fazer um caminho absurdo e contra mão por conta disso, quando ocorrido comuniquei a empresa onde eu trabalho e simplesmente mandaram eu me virar, até eu descobrir outro caminho tive que tirar dinheiro do meu bolso. Um absurdo o que fazem com a população!!!

  4. Izaías says:

    Vai dando adeus às eleições do ano que vem , Sr Bruno Covas … Não vai nem pro segundo turno. Não se esqueça que o Brasil mudou !

  5. Izaías says:

    Acho é muito bom . Esse prefeito de quinta , acha que pode fazer oq quer com a gente . Bem feito ! E , se recorrer espero que perca … Estamos cansados de ser passados para trás por essa corja .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.