abril 13, 2021

Um trem de alta velocidade descarrilou enquanto trafegava a 298 km/h nos arredores de Milão, na Itália. Em seguida, se chocou contra um trem de carga e um edifício. O acidente matou os dois maquinistas e deixou ao menos 27 feridos, a maioria deles com lesões leves.

O trem levava apenas 33 pessoas, sendo 28 passageiros, e havia partido de Milão às 5h10 na hora local (1h10 em Brasília), rumo à cidade de Salermo, no sul do país.

O acidente ocorreu após 20 minutos de viagem, em Lodi, a 40 km de Milão. Imagens do acidente mostram que o primeiro vagão do trem, que atua como locomotiva, saiu dos trilhos, assim como ao menos um dos carros de passageiros. 

A parte da locomotiva, onde também ficam os maquinistas, se separou por completo do resto do trem, bateu em um vagão de carga e, em seguida, se chocou em um prédio próximo aos trilhos. 

Trem que descarrilou em Lodi, na Itália – Flavio Lo Scalzo/Reuters

O resto do trem seguiu em movimento até que o carro de passageiros da frente capotou. O vagão, que era da classe executiva, ficou inclinado nos trilhos em um ângulo de 45 graus. As outras seções da composição não tiveram danos graves. 

Os maquinistas mortos foram identificados como Giuseppe Cicciù, 52, e Mario di Cuonzo, 59.

As causas do descarrilamento estão sendo investigadas. Os trilhos haviam passado por serviços de manutenção na noite anterior. 

Com o acidente, o serviço expresso de trens entre Milão e Bolonha foi suspenso. Há atrasos em outras linhas regionais. 

O trem acidentado fazia parte do serviço Frecciarossa (Flecha Vermelha), operada por uma empresa estatal italiana. A linha de alta velocidade entre Milão e Bolonha, onde ocorreu o acidente, foi aberta em 2008. 

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.