outubro 1, 2022

A harmonização facial é um tratamento muito procurado por homens e mulheres que desejam corrigir imperfeições, assimetrias e outras questões incômodas no formato do rosto, de modo a transformar as respectivas aparências em visualmente agradáveis.

Para que os resultados sejam não apenas satisfatórios, mas que ofereçam baixo risco para a saúde e sejam duradouros, é importante que se encontrem profissionais qualificados, bem-recomendados e autorizados a realizar os procedimentos de harmonização facial. Os seguintes profissionais estão autorizados:

  • Dermatologistas;
  • Cirurgiões plásticos;
  • Cirurgiões-dentistas;
  • Biomédicos com especialização em estética;
  •  Farmacêuticos.

O que é harmonização facial?

A harmonização facial, também conhecida em alguns casos como harmonização orofacial, é um conjunto de procedimentos que corrigem a simetria do rosto. É comum que nos sintamos mais agradáveis e interessantes ao encontrarmos formas simétricas, bem definidas, equilibradas, inclusive em nossos rostos.

Através de aplicações não-invasivas e bem planejadas pelo profissional, o contorno do rosto se torna mais harmônico e simétrico, melhorando a aparência de quem o vê e, em consequência, a autoestima daquele que o realizou.

Tais aplicações não necessitam de um preparo específico por parte do paciente e são realizadas de acordo com a necessidade e com o resultado desejado, pois cada rosto tem suas próprias necessidades e caminhos para se chegar a tais resultados. Por isso, no encontro do paciente com o profissional, são avaliados aspectos como:

  • Contorno do rosto;
  • Proporção e ângulo da mandíbula e das maçãs do rosto;
  • Volume dos lábios;
  • Ângulo e distância entre os supercílios;
  • Suavização de rugas e sulcos.

Após as intervenções de harmonização facial, que geralmente são realizadas com anestesia local, recomenda-se ao paciente poucos cuidados, como a aplicação de gelo na região e evitar alguns tipos de exercícios físicos que podem causar impacto na região do rosto no dia do procedimento.

Como encontrar o profissional ideal?

Ao decidir-se pela harmonização facial, a primeira atitude a ser tomada é entender que qualquer intervenção no corpo, seja estética ou não, deve sempre ser realizada por profissionais autorizados, capacitados e com boas recomendações, por isso, alguns fatores devem ser levados em conta.

Profissionais de saúde com conhecimento, formação ou especialização em saúde estética devem ser considerados. Procedimentos de harmonização facial mais complexos devem ser realizados por dermatologistas ou cirurgiões plásticos, por exemplo. Dermatologistas podem realizar aplicação de toxina botulínica, preenchimentos e outros tratamentos que trazem melhorias não apenas ao contorno e à simetria do rosto, mas que se atentam à saúde da pele do paciente.

Cirurgiões plásticos estão aptos para realizar procedimentos mais invasivos em complemento, como cirurgias de bichectomia, blefaroplastia e rinoplastia, além das aplicações comuns. Cirurgiões-dentistas também estão aptos a realizar harmonização facial aplicando algumas técnicas na região orofacial, isto é, da boca.

Outros profissionais que podem realizar as aplicações são os biomédicos com formação estética e os farmacêuticos e fisioterapeutas igualmente capacitados para procedimentos estéticos. Esses podem fazer preenchimentos simples e não-invasivos.

Com tantos profissionais autorizados a realizar a harmonização facial, é importante pensar em quais atendem mais às suas necessidades. Além disso, se atentar a quais profissionais recomendam intervenções realmente necessárias e que têm boa formação e experiência. Bons profissionais trazem bons resultados.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando – A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.