outubro 16, 2018

Após reunião do Comitê de Gerenciamento de Crise, a Prefeitura de São Paulo decidiu suspender a partir desta quinta-feira, 31 de maio, o estado de emergência na cidade.  A posição foi anunciada devido a normalização no fornecimento de combustível da frota que presta serviços essenciais na capital paulista.

O prefeito Bruno Covas também decretou ponto facultativo na próxima sexta-feira, 1 de junho. O decreto será publicado no Diário Oficial de quinta-feira, 31 de maio, e desta forma, a Prefeitura de São Paulo poderá se reorganizar, com a chegada de mais alimentos para a merenda na rede de ensino e o combustível necessário para a frota dos serviços essenciais.

Durante ações realizadas pela Prefeitura de São Paulo com o apoio da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar já carregaram para o abastecimento específico da frota de ônibus cerca de 5 milhões de litros de óleo diesel.

Confira abaixo como está prevista a operação de ônibus na capital nos próximos dias:

Quinta-feira: 31 de maio –  40% da frota de ônibus

Sexta-feira: 1º de junho – 60% da frota de ônibus

Sábado: 2 de junho – 60% da frota de ônibus

Domingo: 3 de junho – 40% da frota de ônibus

As linhas noturnas sob responsabilidade da Prefeitura de São Paulo estão operando com 50% da frota desde a meia-noite da última terça-feira, 29 de maio, devendo permanecer com esse percentual até domingo, 3 de junho.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.