janeiro 23, 2022

Que a cidade de São Paulo é lembrada por ser uma cidade cinza, cheia de prédios, poluição e a terra da garoa , muita gente já sabe. No entanto, muitas pessoas nem imaginam que há diversos parques em São Paulo que são verdadeiros oásis. Lugares onde é possível relaxar e desestressar da correria do dia-a-dia.

Se você é paulistano, é bem provável que ache essa lista um pouco óbvia demais. Afinal, esses parques podem fazer parte do seu cotidiano .

No entanto, se você não conhece muito bem a maior cidade brasileira, tenho certeza de que se surpreenderá com esses lugares incríveis.

1- Parque da Água Branca

A menos de um quilômetro do terminal rodoviário e da estação de trem/metrô Barra Funda. Com muitas árvores e consequentemente sombras, ele possui diversas áreas que abrangem diversos perfis de visitantes. Por exemplo, há espaços específicos para leitura, crianças, idosos e até academia.

Outra curiosidade é que há diversos bichos soltos pelo parque, como pavão, gato, pato, galinha e galo.

Dentro do próprio parque também há algumas salas de aula para cursos, como por exemplo: Escola de Beleza, Moda e Construção Civil.

Endereço: Avenida Professor Francisco Matarazzo, 455 – Água Branca – Zona Oeste – São Paulo – SP
Como chegar: o parque da Água Branca está localizado a apenas 800 metros da estação Barra Funda. Pegue a saída sentido Memorial da América Latina e em 5 minutos estará lá.

2- Parque da Juventude

Para quem estiver passando pela Zona Norte de São Paulo vale a pena reservar um tempinho para conhecer o Parque da Juventude.

Ao lado da estação de metrô Carandiru (Linha 1-Azul), esse parque mudou o cenário dessa região. Afinal, ele foi construído exatamente no local da antiga Casa de Detenção Carandiru.

O parque possui uma ampla pista para corrida, bosques, playground, pista de skate e também quadras poliesportivas.

Endereço: Av. Zachi Narchi, 1309 – Santana – São Paulo – SP
Como chegar: Descer na estação Carandiru (Linha 1-Azul do metrô) e sair sentido avenida Cruzeiro do Sul.

3- Praça do Pôr do Sol (Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiro)

Definitivamente esse é um dos melhores lugares para assistir ao pôr do sol em São Paulo. Diariamente centenas de pessoas se reúnem nessa praça para se despedir de mais um dia.

O contraste de árvores e prédios junto com o colorido do céu, formam um cenário incrível.

A atmosfera dessa praça é completamente descontraída. As pessoas costumam aproveitar esse momento de diversas formas: tomando uma cerveja, fotografando, lendo, fazendo um som com violão, fazendo um piquenique. Enfim… basta você escolher aquilo que mais te agrada.

Endereço: Rua Desembargador Ferreira França, S/N – Alto De Pinheiros – São Paulo – SP ou Avenida Diógenes Ribeiro de Lima, S/N – Alto De Pinheiros – São Paulo – SP.
Como chegar: A estação de trem mais próxima da Praça do Pôr do Sol é a Cidade Universitária (Linha 9-Esmeralda da CPTM). Depois de desembarcar nessa estação você terá que caminhar por cerca de 15 minutos para chegar até lá.

4- Jardim da Luz

Localizado na região central de São Paulo, o Jardim da Luz é o parque público mais antigo da cidade. Está em frente à estação de trem/metrô de mesmo nome, e próximo de lugares importantes – como o Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca.

Por ser rodeado por grandes árvores e fazer sombra em praticamente todo o seu perímetro, muitas pessoas vêm até aqui na hora do almoço para descansar um pouco.

Além de diversas áreas de convivência, o parque ainda possui playground, bosques, equipamentos para ginastica e lago.

Endereço: Praça da Luz, s/nº – Bom Retiro- SP
Como chegar: o parque fica exatamente em frente à estação da Luz (Linha 7- Rubi e 11-Coral da CPTM e Linha 1-Azul e 4-Amarela do metrô)

5- Parque Trianon (Tenente Siqueira Campos)

Entrar no Parque Trianon é como cruzar um portal entre dois mundos. De um lado, prédios enormes, trânsito e o agito da Avenida Paulista. Do outro, árvores gigantes, tranquilidade e algumas vezes até o cantar dos passarinhos.

Inaugurado em 1892, esse parque possui uma vegetação tropical, remanescente da Mata Atlântica.

Em frente ao maior museu de arte do país, o MASP, o acesso não poderia ser mais fácil. Além de estar praticamente ao lado da estação de metrô Trianon, diversas linhas de ônibus passam em frente ao parque.

Endereço: Avenida Paulista, em torno do número 1500 ou Rua Peixoto Gomide, 949
Como chegar: O parque está localizado a meia quadra da estação de metrô Trianon (Linha 2-Verde)

6- Parque Mário Covas

Também na Avenida Paulista, esse pequeno parque passa despercebido pra muita gente.

Com “apenas” 5 mil metros quadrado, ele foi inaugurado em janeiro de 2010 e possui um Centro de Informação Turística.

Está localizado a apenas uma quadra do Parque Trianon (sentido Consolação) e vale apena visita-lo nem que seja rapidamente para algumas fotos ou então para pedir alguma informação sobre a cidade.

7- Parque Villa Lobos

Para se tornar um dos maiores parque da cidade de São Paulo, a área em que hoje está situado o Parque Villa Lobos teve que passar por grandes transformações.

Até o inicio da década de 80, parte do espaço ocupado pelo parque funcionava como depósito de lixo do CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo).

Outra parte era destinada a acumular material tragado do Rio Pinheiros.

E como se não bastasse, também havia um espaço reservado para o depósito de entulho provenientes da construção civil.

Com uma área superior a 700 mil metros quadrado, o parque possui diversos playgrounds, quadras poliesportivas, pista para corrida, orquidário, biblioteca, bosques e bebedouros espalhados por diversos pontos.

Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001- Alto dos Pinheiros – São Paulo – SP
Como chegar: O parque tem acesso pela estação de trem Villa Lobos (Linha 9-Esmeralda da CPTM)

8- Parque da Aclimação

Situado na Zona Centro-Oeste da capital, no agradável bairro de mesmo nome- o Parque da Aclimação é um dos meus parques favoritos em São Paulo.

Se durante o dia pode-se dizer que é bem tranquilo caminhar pelo parque, no final da tarde o número de visitantes cresce consideravelmente.

Além da pista de corrida, bancos para leitura e playgrounds, outro lugar bastante procurado pelos visitantes é a biblioteca Raul Boop, que fica dentro do próprio parque.

Endereço: Rua Muniz de Souza, 1119, Aclimação- SP
Como chegar: O Parque da Aclimação fica a pouco mais de um quilômetro da estação de metrô Paraíso (Linha 1-Azul/2-Verde). A caminhada leva em torna de 15 minutos na ida e um pouco mais para a volta. Isso porque você terá que enfrentar uma pequena ladeira na hora de voltar.

9- Jardim Botânico

Se você quer tranquilidade e poucas pessoas, com certeza gostará do Jardim Botânico.

O parque está localizado na Zona Sul de São Paulo e bem próximo ao zoológico da cidade. Portanto, talvez você consiga visitar essas duas atrações em um único dia.

A calmaria, limpeza e diversas atrações que o Jardim Botânico oferece, costuma chamar a atenção dos seus visitantes.

Além dos tradicionais espaços para piqueniques, riachos e bosques- você ainda poderá conhecer o Museu Botânico, estufas de plantas, escadarias históricas e o Jardim dos Sentidos.

Esse é o único parque dessa lista em que é necessário pagar para ter acesso. O valor para o público geral é de R$ 5,00.

Endereço: Avenida Miguel Stéfano, nº 3687 – Água Funda , São Paulo – SP.
Como chegar: Além de metrô, será necessário pegar um ônibus. Você pode simular o trajeto a partir do endereço que você estiver.

10- Parque Ibirapuera

Por último e não menos importante, o grande queridinho entre paulistas, paulistanos e todos os brasileiros que o conhecem: o Parque do Ibirapuera.

Possivelmente o parque mais famoso de São Paulo, o Ibirapuera foi projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado para a comemoração do quarto centenário da cidade em 1954, e eleito em 2015 como o melhor parque urbano do planeta pelo jornal britânico The Guardian.

Diferente da maioria dos outros parques, o Ibirapuera não possui apenas opções para lazer e esportes. Ele também é um dos pontos culturais mais importantes da cidade de São Paulo.

Lar do MAM (Museu de Arte Moderna), Museu Afro Brasil, Planetário, Fundação Bienal e da Escola de Astrofísica- muitas das pessoas que vão ao Ibirapuera não estão necessariamente interessadas em contato com a natureza ou alguma atividade física. O que faz dele um lugar bastante eclético.

Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Ibirapuera – São Paulo – SP
Como chegar: estação Paraíso (Linha 1-Azul e 2-verde) e pegar qualquer um desses ônibus: 5318-10, 5362-10, 5370-10, 5611-10, 5630-10, 6455-10. Ou Estação AACD-Servidor (Linha 5-Lilas) e pegar qualquer um dos ônibus: 857A-10, 5164-10 e 5164-21

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.