agosto 12, 2020

O número de falhas por falta de tecnologia tem provocado o aumento de falhas no sistema metroferroviário de São Paulo desde 2017. Segundo uma pesquisa feita pela equipe do Anda SP, o sistema de sinalização da rede precisa ser modernizado e é o fator que tem mais impactado na mobilidade sobre trilhos.

Segundo a publicação, só nos primeiros 5 meses de 2019, o número de falhas já é o mesmo registrado em todo o ano de 2017 e alcança quase o total de 2018. Os dados da reportagem foram obtidos pela Lei de Acesso à Informação. Ainda segundo o levantamento, a Linha 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi) foi a que mais teve problemas nos últimos 2 anos.

O modelo antigo de sinalização, além de aumentar o tempo de espera para os passageiros na plataforma, é mais suscetível a falhas.

A linha mais nova do sistema metroviário, 5-Lilás, operada pelo consórcio ViaMobilidade, é a que tem o maior tempo de espera: 192 segundos e ela já opera com o novo sistema de sinalização. Já na Linha 3-Vermelha a espera pelo trem chega a 119 segundos e a previsão é que o tempo de espera diminua para apenas 90 segundos. Vale destacar que estão sendo realizados obras de modernização na linha vermelha com a implantação do sistema CBTC.

Problemas e modernização

O Metrô já gastou R$ 717 milhões para modernizar o sistema de sinalização, entretanto até hoje as obras não foram concluídas e algumas linhas ainda operam com o sistema antigo.

A previsão é concluir a implementação do sistema de modernização da Linha 2-Verde, até setembro. Já nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha, a estimativa do Metrô é que até dezembro de 2020 as duas linhas devem ganhar o sistema.

A concessionária ViaMobilidade, que administra e opera a Linha 5-Lilás (Capão Redondo-Chácara Klabin), explicou que o intervalo é calculado de acordo com a demanda e que o tempo pode diminuir quando a concessionária receber outros 8 trens que deve receber do Metrô.

Frota F

O Rede Noticiando já tinha falado anteriormente sobre esses 8 trens, que são da frota F. Na época o Metrô disse que já havia disponibilizado 4 trens e que eles já estariam aptos para a operação da ViaMobilidade. Os outros 4 trens estariam passando por um processo de modernização, cujo ainda não acabaram.

Trens da frota F
Trens da frota F estacionados no pátio de Capão Redondo (Foto: Redes Sociais)

Na ocasião a ViaMobilidade disse que os 26 trens da frota P, que operam atualmente no ramal davam conta da demanda recebida, algo que deve ter mudado nos últimos meses.

CPTM

Na CPTM, as falhas também se acumulam, e o maior problema é percebido na linha 11-Coral.

Segundo o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, o novo contrato de modernização da linha sai em agosto deste ano, com 2 anos de atraso.

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu cartão, escolha o tipo de recarga que deseja fazer e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.