outubro 4, 2022

O uso da inteligência artificial em diversas áreas, inclusive na saúde, já é uma realidade, demonstrando com regularidade que a tecnologia em equipamentos médicos pode proporcionar muitos benefícios para os pacientes. Como prognosticar complicações de uma doença.

Claro que a possibilidade de prever complicações não é novidade, mas geralmente o prognóstico por meio de métodos tradicionais envolve um tempo superior ao que se espera para a área da saúde.

Afinal, quanto menor o tempo para diagnosticar uma doença e prever complicações, maior será a chance de tratar o paciente.

Inteligência Artificial na área da saúde

Embora muitos não saibam, a inteligência artificial já faz parte da rotina de muitas clínicas, consultórios e até mesmo de hospitais, otimizando vários tipos de serviço voltados para o paciente.

Os equipamentos com IA (inteligência artificial) podem fazer muitas atividades na saúde, que vão desde check-ups médicos até tecnologias inteligentes capazes de realizar cirurgias.

Além disso, no desenvolvimento de algoritmo com inteligência artificial é possível programar a tecnologia para emitir diagnósticos mais rápidos. Como o uso da IA em máquinas do setor de radiologia para detectar uma hemorragia intracraniana.

São inúmeras as possibilidades de atuação dessas tecnologias na saúde, envolvendo desde casos simples, como o compartilhamento de informações, por exemplo, de leitos disponíveis, até casos mais complexos como o citado anteriormente.

Com isso, os benefícios proporcionados para a área são incontáveis, pois além de otimizar serviços, a IA também reduz a probabilidade de erros, gera resultados mais precisos e melhora a qualidade do setor como um todo.

Mas afinal, como um algoritmo de Inteligência Artificial ajuda a prever complicações de uma doença?

Em 2020, com a pandemia da Covid-19, um grupo de pesquisadores brasileiros desenvolveu um algoritmo de inteligência artificial capaz de realizar o diagnóstico da doença em aproximadamente 20 minutos.

O diagnóstico realizado pela tecnologia se deu por meio de amostras de plasma, nas quais a IA identificou um padrão particular de moléculas da Covid-19.

Outro diferencial do algoritmo combinado pelos pesquisadores foi em relação aos casos confirmados, em que a tecnologia conseguiu detectar pacientes que poderiam apresentar complicações mais graves da doença, por exemplo, insuficiência respiratória.

Sendo assim, além de diagnosticar a doença, a IA também forneceu ferramentas para avaliação de risco. Com isso, servindo de grande auxílio para os profissionais de saúde tanto no gerenciamento de pacientes quanto na tomada de decisões.

O estudo com IA sobre a automatização do diagnóstico e avaliação de risco da Covid-19, realizada por pesquisadores de Universidades de Campinas, São Paulo, Amazonas e de Laboratórios e Hospitais, foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e está disponível em inglês no site MedRxiv.

Para que a IA pudesse reconhecer os padrões particulares da doença, os pesquisadores coletaram amostras de sangue de 728 pacientes (369 confirmados com COVID-19 e 359 controles).

Impacto da Inteligência Artificial na saúde

Desde que o uso da Inteligência Artificial não seja centralizado em “robotizar” atendimentos, o impacto na saúde pode ser extremamente positivo, proporcionando benefícios como:

Otimização de Resultados

Além de permitir que as análises sejam feitas com mais rapidez, o algoritmo pode auxiliar na sugestão de tratamentos e monitorar o caso do paciente ao longo da aplicação do método.

Diagnósticos mais assertivos

Com o desenvolvimento de algoritmo com inteligência artificial as máquinas estarão aptas a reconhecer padrões de doenças de forma automática. Com isso, as possibilidades de erros serão menores e os diagnósticos mais assertivos.

Priorização no Atendimento

Dentre as diversas funções que a IA pode executar está a triagem e a priorização no atendimento, que por meio de tecnologias inteligentes se tornaram mais rápidas e eficazes.

Desse modo, garantindo maior controle e organização para o setor, além é claro de encaminhar corretamente os casos mais graves para atendimento.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.