A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes informou no final da manhã desta segunda-feira, 28 de maio, em nota que a São Paulo Transportes (SPTrans) autorizou as empresas de ônibus a rodar com 60% da frota no horário entrepico.

A pasta informou que a medida é necessária para garantir que a frota esteja operacional no fim da tarde e noite desta segunda-feira.

Confira abaixo à nota na íntegra:

“A medida é necessária para garantir que a frota esteja operacional no fim da tarde e noite. Em virtude da greve nacional dos caminhoneiros, que afeta o abastecimento de combustível para o sistema municipal de transporte, as empresas estão com baixo estoque de óleo diesel. A frota de trólebus está 100% operacional.

 Conforme decreto do prefeito Bruno Covas, a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões foi liberada durante toda a semana para garantir o abastecimento de serviços essenciais da cidade.

 A Companhia de Engenharia de Tráfego mantém o rodízio municipal suspenso para veículos e caminhões. A CET mantém ainda a orientação para que os agentes de trânsito não apliquem multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro, onde não prejudique o trânsito”.

No período da tarde será realizada uma nova avaliação para definir como será o esquema adotado operacional dos ônibus nesta terça-feira, 29 de maio.

Transporte coletivo durante a manhã

Cerca de 61% dos veículos disponíveis pelas viações foram às ruas na manhã desta segunda-feira, 28 de maio, em São Paulo. Os pontos ficaram lotados, o tempo de espera pelos coletivos aumentou, e a lotação era acima do normal.

Por volta das 10h a Viação Campo Belo, que opera na Zona Sul de São Paulo, recolheu seus carros para a garagem, a fim de garantir a operação no horário de pico da tarde e noite desta segunda-feira.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.