outubro 16, 2018

Na manhã fria desta terça-feira, dia 22 de maio, o transporte público em São Paulo foi prejudicado por falhas e protestos.

CPTM

Na linha 12-Safira da CPTM (Brás – Calmon Viana) entre 6h44 e 8h31 por causa de uma falha em um trem, a circulação ficou comprometida em toda sua extensão, com os trens circulando em velocidade reduzida e maior tempo de parada.

Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a circulação foi normalizada por volta das 8h40.

METRÔ

No Metrô, a linha 2-Verde operou com velocidade reduzida e maior tempo de parada em toda sua extensão, em razão de uma falha em trem na estação Ana Rosa. O Metrô de São Paulo informou que a circulação dos trens foi normalizada às 7h06.

Passageiros relataram outras falhas na linha 3-Vermelha (Barra Funda – Itaquera) e na linha 5-Lilás (Capão Redondo – Eucaliptos – Moema), segundo a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) não foram registrados problemas em ambas as linhas, e que atrasos gerados podem ser notados através de passageiros que seguram as portas dos trens em outras estações.

VIASUL

Em relação aos ônibus da capital paulista, houve um atraso na saída dos veículos da ViaSul, na região da Cidade Tiradentes, na zona leste. De acordo com informações obtidas pelo Rede Noticiando, membros do sindicato protestaram no local hoje cedo, a manifestação ocorreu por volta das 4h da manhã.

A garagem que fica localizada na Rua João Cabral Melo Neto, abriu suas portas para saída dos coletivos por volta das 5h30, a partir daí a circulação dos ônibus da ViaSul foi normalizada.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.