abril 17, 2024

O grande benefício de uma semana de trabalho de quatro dias é o aumento de produtividade

Trabalhar de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Nada mais normal na rotina de um trabalhador. No entanto, essa rotina parece estar prestes a mudar. A semana de quatro dias tem sido adotada como teste por empresas que querem saber se a diminuição das horas trabalhadas está diretamente relacionada à diminuição da produtividade.

Na Inglaterra, mais de 3 mil trabalhadores já estão vivenciando uma semana de trabalho mais curta. Desde junho deste ano, 70 empresas aceitaram implementar uma semana de quatro dias por seis meses. A iniciativa está sendo executada pela 4 Day Week Global, em conjunto com pesquisadores de renomadas universidades locais. O objetivo é estimular a mudança de padrão ao estabelecer parceria com empresas e governos.

Além do Reino Unido, Japão, Bélgica, Nova Zelândia, Estados Unidos, Austrália e Portugal adotam ou adotaram experimentos semelhantes.

Como fica a produtividade?

O corte de 20% na carga horária de trabalho, sem alteração do valor do salário, tem demonstrado bons resultados. Até agora, quando metade do experimento transcorreu, 95% das empresas relataram que a produtividade ou permaneceu a mesma ou aumentou. Sobre adotar o novo regime, 86% das empresas disseram que pretendem, sim, manter a semana de quatro dias.

O grande benefício de uma semana de trabalho de quatro dias é o aumento de produtividade que a maioria das empresas experimenta. Afinal, só porque os funcionários estão trabalhando oito horas (ou mais) por dia não significa necessariamente que eles estejam sendo produtivos o tempo todo. Uma pesquisa da Reclaim.ai, com dois mil trabalhadores, chegou à conclusão de que somente 12% destes conseguem ser produtivos por mais de seis horas.

Impacto no bem-estar do trabalhador e no meio ambiente

Um dos maiores argumentos para a implementação de uma semana de trabalho de quatro dias é que os funcionários ganham um dia extra para poder investir em si mesmos, em suas famílias e no que mais lhes interessar. Eles podem simplesmente descansar, ir à academia, passar mais tempo com os filhos, pesquisar sobre como investir dinheiro, ler, passear, etc. Tudo isso sem sacrificar o salário ou o desenvolvimento da carreira. 

Uma carga de trabalho mais curta também pode ajudar a reduzir o consumo de energia, as emissões de carbono e o tempo de deslocamento. Imagine o impacto de menos pessoas tendo que sair para trabalhar: menos automóveis nas ruas, menos demanda por combustível, menos poluição, para citar apenas alguns. 

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *