outubro 2, 2022

Os problemas de coluna estão entre os principais causadores de desconforto relatados pelos pacientes. Muitas vezes, este incômodo pode ser apenas resultante de má postura e hábitos de vida inadequados, mas também é muito comum que este seja um sintoma de problemas mais graves.

Há muitos tratamentos recomendados para os problemas causados na coluna. As cirurgias geralmente são indicadas em casos de doenças degenerativas, ou seja, quando há a perda das características originais das costas, como a hérnia de disco, bico de papagaio, escoliose, protrusão de disco, cifose, espondilolistese, entre outras.

Cirurgia da coluna

Para realização de uma cirurgia da coluna é necessária uma decisão em conjunto entre o paciente, familiares e o médico. Nessas condições o especialista irá avaliar o caso, diagnosticar, explicar os benefícios e possíveis riscos. Porém, somente em situações graves — como limitação funcional ou urgência neurológica — a realização da cirurgia é imposta.  

É importante saber que o problema localizado nas costas é tratado de forma individual, isto é: dependendo da situação apresentada cada cirurgia tem sua indicação. Assim, o médico deverá avaliar os exames de imagem e os demais de modo meticuloso para identificar as características e possibilidades da operação. Conheça mais sobre os procedimentos:

Minimamente invasiva

  • Realizada com anestesia local;
  • Curta duração;
  • Pouco sangramento e dor no pós-operatório;
  • Incisão de 8 mm;
  • Pode ser feito na região posterior ou lateral da coluna;
  • Menos tempo de internação hospitalar;
  • Recuperação mais rápida.

Procedimento convencional:

  • Cirurgia um pouco mais invasiva (cortes maiores);
  • Realizada com anestesia geral, sem dor durante o procedimento;
  • Tempo de internação de 1 a 5 dias;
  • Uma duração média de até 3 horas;
  • Recuperação mais lenta.

Pós-cirurgia de coluna

Existem alguns tipos de cirurgia da coluna (cervical, lombar e torácica). Porém, após passar por qualquer um dos procedimentos, como uma cirurgia de escoliose, é ideal ter alguns cuidados para evitar posteriores complicações, tais como: prestar atenção ao subir escadas, não dirigir, evitar pegar peso de qualquer espécie e em hipótese alguma realizar movimentos bruscos.

É ideal que, nesse período pós-operatório, o paciente inicie caminhadas curtas e levemente as aumente de intensidade, sempre conforme a orientação do profissional. O médico pode incluir exercícios que irão contribuir para o reestabelecimento do paciente e, aos poucos, permitir a retomada da rotina do dia a dia.

Quando recorrer à cirurgia da coluna?

A cirurgia da coluna normalmente é indicada nos casos em que o paciente passou por um tratamento conservador, sem sucesso no controle da doença e alívio dos sintomas. Cabe a um médico ortopedista especializado em coluna fazer a avaliação do quadro para identificar a melhor forma de tratamento para garantir a qualidade de vida do indivíduo.

Para realização da intervenção, é necessário comparecer ao hospital 2 horas antes do procedimento e estar acompanhando por alguém maior de 18 anos.

O paciente também deve permanecer por 8 horas em jejum, sem a ingestão de água ou líquidos. Todas essas recomendações são passadas antes da cirurgia da coluna, durante o período pré-operatório, e devem ser seguidas cuidadosamente para garantir o sucesso do procedimento.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.