junho 29, 2022

A autoestima tem impacto direto em nossas relações e interações sociais, mas também afeta significativamente o bem-estar e a qualidade de vida do indivíduo.

Por conta de imperfeições que causam incômodo ao longo dos anos, ou até mesmo que já foram motivo para sofrer bullying, muitas pessoas recorrem a uma cirurgia plástica para elevar sua autoestima.

No Brasil, a cirurgia plástica é muito popular, fato que em 2018 levou o País à primeira posição no ranking de cirurgias deste tipo realizadas no mundo. Isso prova que o brasileiro está sempre tentando ficar bem com a própria imagem.

Por que as pessoas não se sentem satisfeitas com sua aparência?

Existem diversas explicações para esta questão, já que autoestima e bem-estar são conceitos pessoais. Por exemplo: enquanto uma pessoa se sente muito mais bonita com cabelos longos, outra pode se sentir mais atraente com os cabelos curtos.

Quando se trata de cirurgia plástica, caso a pessoa não tenha nenhum transtorno de distorção de imagem, quando algo em sua aparência passa a se tornar incômodo, se submeter à intervenção é uma das primeiras opções.

Este incômodo estético pode ser relacionado ao conceito de beleza que o indivíduo crê, mas também estar relacionado a constrangimentos sofridos ao longo da vida. Por isso, não há como determinar o que faz alguém não estar satisfeito com a aparência: trata-se de algo particular.

Além disso, os homens e mulheres têm se tornado cada dia mais vaidosos e preocupados com saúde, bem-estar e beleza.

Desta forma, procurar meios de fazer as pazes com o espelho é sempre válido. Ainda mais diante dos impactos que uma autoestima elevada pode trazer para a vida pessoal, trabalho e demais relações cotidianas.

Cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil

A cirurgia plástica pode ser uma excelente opção para corrigir “defeitos” e restabelecer a autoestima do indivíduo. Porém, é preciso ressaltar a importância de pesquisar muito antes de escolher um cirurgião e uma clínica para realizar os procedimentos.

Além disso, mesmo com toda esta popularidade, estas cirurgias requerem cautela, conversas, exames e avaliações antes de serem feitas. Escolha seu cirurgião com cuidado.

Veja agora algumas das cirurgias plásticas mais realizadas no País:

  • Lipoaspiração: cirurgia realizada com o intuito de retirar o excesso de gordura de determinadas partes do corpo, principalmente da barriga;
  • Mamoplastia de aumento: procedimento para aumentar as mamas com uso de prótese de silicone;
  • Abdominoplastia: cirurgia plástica que realiza a remoção do excesso de gordura e pele da região abdominal;
  • Blefaroplastia: procedimento que retira o excesso de pele das pálpebras;
  • Gluteoplastia: realizada para aumentar o tamanho do bumbum utilizando, na maior parte das vezes, próteses de silicone para dar um maior volume e contorno à área.

Se você está pensando em dar adeus às inseguranças e realizar o sonho da cirurgia plástica, agende uma consulta com um especialista, tire suas dúvidas e entenda mais sobre o procedimento que deseja realizar.

As cirurgias vieram como aliadas da autoestima, seguindo todos os cuidados e recomendações médicas, os resultados são excelentes.

Cirurgia plástica no SUS

No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) cobre algumas cirurgias plásticas.

Para isso acontecer, o primeiro passo marcar uma consulta no posto de saúde de seu bairro, no dia da consulta converse com seu médico e explique a sua situação e o desejo de realizar a cirurgia plástica no SUS.

O médico vai avaliar sua necessidade, entender se é preciso, e posteriormente encaminhar o seu pedido ao cirurgia plástica ao SUS.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.