Motoristas e cobradores de ônibus da cidade de São Paulo atrasaram a saída das garagens no início dos trabalhos desta sexta-feira, 22 de março. A paralisação deu início por volta das 3h30 e durou até pouco mais das 5 horas ma manhã.

Os reflexos da paralisação ainda estão sendo sentidos pelos passageiros, isso porque os ônibus ainda não tinham chegado a todos os terminais e paradas.

O Sindicato que representa a categoria informou que o ato não é greve.

A paralisação foi realizada pois a campanha salarial tem início nesta sexta-feira, 22 de março e a categoria também protestas contra a reforma da previdência.

Foto: Chiquinho Dieese

Segundo a gerenciadora dos transportes sobre ônibus da capital, o processo de saída dos coletivos das garagem terminou por volta das 5h45.

Edson Caram, secretário de Mobilidade e Transportes de São Paulo informou durante uma entrevista que as empresas estão sendo notificadas e serão punidas por descumprimento das partidas. Mais de 500 linhas de ônibus foram afetadas em toda capital e a pasta calcula que mais de 1 milhão de pessoas foram prejudicadas.

Os passageiros que desejam saber o status das linhas de ônibus podem consultar através do site Olho Vivo. Em caso de dúvidas ou informações complementares ligue 156.

Em nota ao Rede Noticiando, a Secretaria de Mobilidade e Transportes deu a seguinte declaração:

”A manifestação sindical causou atrasos nas linhas operadas pelo subsistema estrutural. O serviço está sendo normalizado gradativamente. Os técnicos da gerenciadora de transportes monitoram as linhas e os terminais.

O secretário municipal de Transportes, Edson Caran, afirmou que existia uma conversa entre a categoria, mas a decisão foi comunicada apenas na madrugada desta sexta-feira (22), quando eles já estavam paralisados. Desde então a gerenciadora de transportes colocou todo o seu efetivo em campo para tentar a liberação das 33 garagens e das 561 linhas de ônibus que não estavam em funcionamento. Desde às 5h45  a frota voltou para as ruas e aos poucos a situação volta a se normalizar”.

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu cartão, escolha o tipo de recarga que deseja fazer e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.