janeiro 20, 2022

Um homem foi atropelado por três trens na região da Estação Engenheiro Cardoso, na Linha 8-Diamante. O caso foi registrado na noite de segunda-feira, 27 de dezembro de 2021.

Segundo informações obtidas pelo Rede Noticiando, o maquinista do primeiro trem que atropelou o homem na via 2 comunicou o Centro de Controle Operacional (CCO), nisso, já havia um trem partido da Estação Itapevi, sentido Júlio Prestes. A maquinista dessa composição informou ao CCO que “dava para passar”, e o corpo estava na via. O terceiro trem veio em seguida, com escolta de segurança, o maquinista não sabia o local exato do acidente e parou o trem em cima do corpo, informando ao CCO que “não dava para passar”, retornando para Itapevi. Desta forma, aquele corpo acabou sendo atropelado por pelo menos três vezes.

Na noite do acidente, quem estava no comando das composições eram os maquinistas da concessionária ViaMobilidade Linhas 8 e 9. Vale destacar que neste momento, ocorre a fase de transição entre as duas empresas, e a partir de 27 janeiro de 2022, a concessionária passa a administrar e operar integralmente os dois ramais por um período de 30 anos.

À CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que legalmente ainda responde pelas duas linhas, informou em nota que foi registrado um Boletim de Ocorrências para apurar as circunstâncias do óbito, mas, se esquivou de responder sobre o erro de procedimento neste caso.

Confira a nota da CPTM abaixo na íntegra:

“Por volta das 20h10 desta segunda-feira (27/12) o maquinista de um trem que circulava pela Linha 8-Diamante localizou o corpo de um homem na via, nas proximidades da Estação Eng. Cardoso. A via foi interditada até a chegada da perícia, que constatou o óbito.

O corpo foi preservado no local até a sua devida retirada. O caso foi registrado na 1ª DP de Itapevi como morte suspeita (Boletim de Ocorrência 3741/2021).

A CPTM lamenta o ocorrido e informa que a segurança de todos é uma prioridade da companhia, por isso o acesso à faixa ferroviária, como a que ocorreu, é proibido.

Diariamente, a CPTM faz campanhas, usa avisos sonoros e placas informativas e também trabalha junto às comunidades, para que as pessoas não andem pela via nem utilizem passagens clandestinas, prática proibida de acordo com a Norma Geral de Transporte, Tráfego e Segurança, a NTS, amparada pelo Decreto Federal 1.832, de 04/03/1996.”

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.