outubro 29, 2020

Está descartada a possibilidade de greve dos ônibus na cidade de São Paulo no dia 22 de setembro. Motoristas, cobradores e demais funcionários ligados a categoria se reuniram em assembleia na última quinta-feira, 17 de setembro, junto ao Sindmotoristas.

Na semana passada, a categoria chegou a cogitar uma greve por questões de negociação salarial. Felizmente, com o desenrolar das negociações, a greve dos ônibus foi descartada na capital.

A categoria diante da contrapropostas das empresas de ônibus aceitaram umas das ofertas nas negaciações, entre elas, foi o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 1.200, divididos em quatro parcelas mensais de R$ 300, com a primeira parcela vencendo no dia 30 de setembro.

A categoria decidiu ainda que as negociações sobre a inflação acumuluda sobre os salários, serão retomadas apenas em janeiro de 2021. As empresas devem manter ainda, benefícios como plano de saúde para os funcionários afastado, assim como a cesta básica.

O vale-refeição sobe para R$ 26,20 a unidade.

Portanto, operação será normal no sistema sobre ônibus municipal na terça-feira, 22 de setembro.

*Com informações do site Diário do Transporte

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.